Terapia homeopática para menopausa ou desequilíbrio hormonal

Escrito por cindi pearce | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Terapia homeopática para menopausa ou desequilíbrio hormonal
Tratamentos hormonais homeopáticos são eficientes (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

Muitas mulheres se recusam a realizar um tratamento de terapia hormonal durante a peri-menopausa e a menopausa por terem medo de suas ramificações, que incluem um risco maior de desenvolvimento de câncer de mama, doenças cardíacas e Alzheimer, mesmo que essa terapia tenha sido pensada, inicialmente, como redutora do risco de demência. A alternativa aos hormônios sintéticos é o tratamento homeopático.

Outras pessoas estão lendo

Uso de dong quai

Considere usar a erva dong quai para ajudar a equilibrar os hormônios oscilantes. De acordo com o site Holisticonline.com, a dong quai é uma erva chinesa bem conhecida que tem sido apelidada de "tônico feminino", pois auxilia na reposição de estrogênio e, adicionalmente, contém vitamina E e ferro, ambos necessários para as mulheres.

Resultados

Se usar dong quai, também chamada de angélica, você pode achar que a incidência e intensidade das ondas de calor diminuíram, assim como a incidência de ausência de menstruação durante a peri-menopausa (amenorreia) ou, reciprocamente, a menstruação muito frequente, que é chamada metrorragia. Essa erva pode aumentar as contrações uterinas, que são seguidas pelo relaxamento do útero. A dong quai tem efeitos estrogênicos suaves que estabilizam as artérias, que, em retorno, reduzem as ondas de calor.

Outra opções

Algumas mulheres obtiveram sucesso ao utilizar o alcaçuz, que tem sido usado medicinalmente por milhares de anos. O alcaçuz reduz os níveis de estrogênio e aumenta os níveis de progesterona ao mesmo tempo. A síndrome pré-menstrual é associada com o aumento da taxa estrogênio-progesterona, então, usar o alcaçuz pode acabar com essa síndrome. Segundo relatos, o alcaçuz restabelece e estimula as glândulas suprarrenais e contém elementos que são muito similares à cortisona, que são comparáveis aos hormônios produzidos pelas glândulas suprarrenais. Não tome alcaçuz se estiver tomando medicamentos digitálicos ou se tiver pressão alta. Esteja atenta também ao consumir quantidades amplas de potássio enquanto estiver tomando alcaçuz.

Reduzindo os sintomas da menopausa

Tente o cohosh preto, que consiste em um precursor natural do hormônio estrogênio. O corpo usa o cohosh preto para ajudar a produzir seus próprios hormônios. Os benefícios relatados por tomá-lo durante a menopausa incluem a redução de zumbido nos ouvidos sofrido por algumas mulheres; redução do nervoso, irritação, ondas de calor e palpitações do coração, e menos dores de cabeça.

Aprimoramento do fluxo sanguíneo

Considere o uso de ginkgo biloba. Essa erva ajuda você a manter as funções do cérebro — diga adeus às confusões mentais — e vai evitar que suas mãos e pés fiquem frios. A gingko biloba beneficia o sistema vascular, aprimorando o fluxo sanguíneo às extremidades.

Ervas e recomendações adicionais

Pense em usar raízes de bardana, que são curadoras, tônicas, também consideradas afrodisíacas e com propriedades estrogênicas. A Fo Ti é considerada uma erva nutritiva útil para as glândulas, e a damiana é relatada como reguladora de hormônios que também beneficia os rins e os nervos. O gingseng aprimora os níveis de energia e estamina, e contém precursores tanto de testosterona quanto de progesterona. Além de ser considerada um anticarcinogênico. O website Naturesherbal.com recomenda a inclusão de mais soja à dieta, pois ela proporciona saúde aos ossos ao ajudar seu corpo a manter o cálcio. Além disso, há relatos de que ela alivia os suadouros noturnos e as ondas de calor diurnas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível