Terapia a laser no tratamento de calcificações

Escrito por robin reichert | Traduzido por r spol
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Terapia a laser no tratamento de calcificações
A calcificação é uma condição na qual o cálcio se acumula e endurece alguns tecidos do organismo e os ossos (xray of a broken leg bone image by alma_sacra from Fotolia.com)

A calcificação é uma condição na qual o cálcio se acumula e endurece alguns tecidos do organismo e os ossos. Quando o cálcio acumula sobre os ossos, ele pode causar "bico de papagaio", o que gera muita dor. A maior parte do cálcio é absorvido pelo corpo e utilizado para promover a saúde e a manutenção dos dentes e ossos. Cerca de 1% de cálcio circula na corrente sanguínea

Outras pessoas estão lendo

Bico de papagaio

Os bicos de papagaio, muitas vezes, ocorrem nas extremidades ósseas ou nas articulações que suportam uma grande carga. Eles, normalmente, se localizam na coluna vertebral e causam dor, quando entram em atrito com outros ossos ou terminações nervosas. Essa dor pode ser tão forte que a amplitude de movimento da pessoa fica comprometida, afetando seu estilo de vida. Indivíduos com doenças como espondilose, estenose espinhal e osteoartrose são mais propensas a desenvolver bicos de papagaio e calcificações. Os bicos de papagaio podem ser tratados com segurança usando terapia a laser.

Técnicas de terapia a laser

A terapia com laser envolve o uso de raios de frequência de baixa intensidade para remover o bico de papagaio, via procedimento não invasivo. Uma luz infravermelha é utilizada para ajudar a diminuir a dor e curar. A terapia com laser frio ajuda na regeneração dos tecidos em nível celular e estimula a irrigação sanguínea na área onde se formaram as calcificações. A terapia a laser estimula o sangue a eliminar os detritos que poderiam inflamar e agravar os bicos de papagaio. Por mais que estes possam permanecer após a terapia a laser frio, o local é tratado de forma que a dor acabe permanentemente. O laser gera energia de fótons, que é absorvida pelo corpo, promovendo a liberação de força para intensificar os processos metabólicos celulares. Isso ainda leva ao funcionamento normal das células. Tecidos danificados voltam à sua função fisiológica rapidamente com a terapia a laser, diminuindo a inflamação e o inchaço.

Como é feita a terapia a laser

Como os benefícios associados à terapia a laser são cumulativos, os pacientes são obrigados a fazer várias sessões. Em qualquer lugar são necessárias entre 5 e 20 sessões feitas por quiropraxista ou por uma clínica que ofereça terapia a laser. Cada sessão pode durar de 30 a 60 minutos, dependendo da gravidade da lesão e da dor. A terapia a laser de baixa intensidade envolve o uso de luz infravermelha em faixas de energia que se situam entre 1 e 500 mW. A terapia adicional com laser frio envolve a utilização de um laser subtermal, que expõe as áreas do corpo aos raios de luz invisíveis que fazem a cura. Uma máquina como o 830 Microlight aplica a luz infravermelha em um ambiente médico profissional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível