Terapia de relacionamento e aconselhamento para casais

Escrito por jayde m. nichols | Traduzido por paula belchior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Terapia de relacionamento e aconselhamento para casais
O aconselhamento de casais pode ser uma grande parte da manutenção de relacionamentos (couple image by cherie from Fotolia.com)

A terapia de casais é muitas vezes considerada em relacionamentos que são problemáticos. Lidar com a infidelidade, a mentira, as discussões ou o distanciamento são as razões pelas quais os relacionamentos podem precisar de alguma ajuda profissional. Alguns casais também podem procurar pelo aconselhamento quando não existem problemas em casa, simplesmente como uma maneira de aumentar as habilidades de comunicação positiva.

Outras pessoas estão lendo

Razões para considerar o aconselhamento de casais

Os problemas de relacionamento podem ser resultado de uma série de coisas, incluindo relações amorosas extraconjugais, questões de dinheiro, discussões relacionadas ao trabalho, conflitos parentais e desonestidade. Se um casal discute regularmente, mas vê espaço para melhorias e quer que as coisas melhorem, ambos ou um deles pode considerar a terapia. Se um relacionamento envolve crianças, geralmente é considerada a melhor opção para tentar resolver as coisas em prol delas.

Como encontrar a terapia

O aconselhamento de casais pode ser realizado por alguns profissionais, tais como psiquiatras e assistentes sociais. Muitas vezes, os médicos de família, membros do clero e rabinos também têm alguma formação em terapia. Muitas vezes, os casais podem encontrar aconselhamento através de recomendações de amigos ou familiares. Outras vezes o encaminhamento de um médico pode ajudar. Se um casal não consegue encontrar todas as recomendações pessoais, existe uma grande quantidade de informações sobre a terapia online e na lista telefônica.

Tipos de aconselhamento para casais

A forma tradicional de aconselhamento de casais envolve tanto a reunião com demais pessoas quanto com o terapeuta ao mesmo tempo para discutir os problemas de relacionamento em um lugar seguro, com o terapeuta atuando como um mediador. Alguns casais preferem receber aconselhamento individual, para descobrir problemas internos e aprender a trabalhar com eles. Uma nova forma de terapia de casais, chamada de terapia de casal integrativa, é centrada em torno do ensinamento ao casal, a fim de aceitar as partes da relação que causam problemas. Essa terapia é também conhecida como "terapia de aceitação".

Preocupações comuns sobre a terapia

Os casais podem se preocupar se a externalização dos problemas em aberto fará com que o relacionamento piore. Isso tem exatamente o resultado oposto; na verdade, a maioria das pessoas acham que falar de problemas com um terceiro ajuda os casais a entender melhor as ações do outro.

As pessoas podem ter medo de que a terapia sinalize que o relacionamento fracassou. A terapia pode ser realmente a única coisa que mantém um relacionamento firme quando de outra forma teria falhado.

Muitas vezes, uma ou ambas as pessoas podem se preocupar com a possibilidade do terapeuta tomar partido. Não é profissional e não faz parte do trabalho do conselheiro fazê-lo. Normalmente, o medo é levantado e substituído com esperança após a reunião com o conselheiro.

Às vezes, um parceiro pode querer terapia e temer que o outro não concorde. A única maneira de descobrir é se o parceiro preocupado apresentar uma lista de fatos sobre terapia de casais e falar quão importante o processo é para alguns.

O que esperar

Na primeira sessão de terapia, é comum que as pessoas passem por cima de informações e da história e não se sintam muito realizadas no que se relaciona à resolução de problemas. O terapeuta utiliza a primeira sessão para a construção de uma compreensão dos pacientes e sua história. Uma sessão de terapia tende a durar desde 30 minutos até uma hora ou mais. Se a terapia é de longo prazo ou de curto prazo depende do casal e do quanto o tratamento é necessário. Alguns casais se sentem mais confortáveis ao frequentar a terapia regularmente para evitar problemas de comunicação, enquanto outros querem lidar com o problema imediato e finalizar o tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível