Terapia para zumbido no ouvido

Escrito por j. taylor ludwig | Traduzido por rodrigo da silva
Terapia para zumbido no ouvido
Muitas pessoas estão encontrando alívio para o zumbido no ouvido através da terapia sonora Neuromonics (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Milhões de pessoas no mundo sofrem com um zumbido, um assobio, som de sino ou som semelhante ao da cigarra nos ouvidos que não é causado por uma fonte externa. Segundo a "American Tinnitus Association", pelo menos 50 milhões de pessoas sofrem ou sofreram com isso no passado. Para 2 milhões de pacientes, o zumbido causa problemas com seus empregos, famílias, relacionamentos ou com o sono. A cura ainda não está disponível, mas muitas das pessoas estão encontrando alívio através da terapia sonora Neuromonics.

Neuromonics

As terapias de som tradicionais usam sons do ambiente para abafar o zumbido. Elas geralmente usam o ruído de banda larga, que soa como um ruído do aparelho auditivo, o vento ou um chuveiro. A Neuromonics é uma musicoterapia. Ela usa música de estilo Nova Era e Barroca, bem como algum ruído de banda larga para estimular o processo de neuroplasticidade, que é um processo que tenta ensinar o cérebro a ignorar o zumbido ou assobio no ouvido. A música traz o alívio da dor para quem sofre de zumbido e também reduz a frequência cardíaca e respiratória.

Como funciona

A música de estilo Nova Era ou Barroca é tocada para o paciente por duas horas ao dia por aproximadamente meio ano. A música é ajustada para o nível de audição de cada pessoa. A primeira fase abrange cerca de dois meses, durante os quais os ruídos de banda larga de tempo são tocados com a música. Um sinal é distribuído para evitar que a pessoa se concentre em seu zumbido e para acalmá-lo. Na segunda fase, o ruído de banda larga é removido. Esta fase continua por cerca de quatro meses. Sem o ruído de banda larga, o paciente experimenta um zumbido por períodos curtos, até que se torne insensível ao mesmo.

Os resultados

O objetivo final do tratamento sonoro Neuromonics para o zumbido é que, por meio de musicoterapia, o paciente vai aprender a ignorar o zumbido ou assobio nos ouvidos, através da neuroplasticidade e habilidade do cérebro de mudar. O paciente mantém o sistema de som, ou Oásis, após o tratamento ter terminado, assim ele pode ouvi-lo se as crises de zumbido acontecerem novamente. A musicoterapia tem sido bem sucedida na melhora do bem-estar emocional de muitos pacientes e os ajuda a relaxar. Ela também reduziu a ansiedade em muitos pacientes. O feito mais importante da terapia para o zumbido tem sido o de aliviar a preocupação do paciente com os sintomas de zumbido, já que ele praticamente não o nota.