Quando é hora de terminar uma relação?

Escrito por juliana bragança
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quando é hora de terminar uma relação?
Brigas podem acabar com a paixão (Zoonar RF/Zoonar/Getty Images)

O amor pode ter esfriado, você enxerga seu parceiro como amigo e na maioria das vezes prefere estar com outras pessoas do que com ele(a)? Terminar uma relação é algo bem difícil, ainda mais quando ela já dura alguns anos, porém alguém precisa dar esse passo e parar de empurrar com a barriga. Muitas pessoas adiam o término por não querer causar sofrimento, mas em algumas relações isso é inevitável. É difícil determinar quando é a hora certa de colocar um ponto final em uma relação, mas alguns sintomas podem ajudar você a perceber que não vale mais a pena investir nesse relacionamento.

Outras pessoas estão lendo

Você não faz questão de encontrar seu parceiro

Um relacionamento é feito de momentos em que o casal está junto. Se você não tem mais vontade de passar um tempo com seu companheiro(a), alguma coisa está errada. Se você prefere ficar sozinho, estar com os amigos e não ter mais aqueles momentos a sós, é preciso entender as razões do problema. Por que você sente isso? O que acontece quando vocês estão juntos deve ser agradável e prazeroso. Se existem mais discussões e irritação do que felicidade, vocês precisam conversar para dar uma basta nos problemas (ou no relacionamento).

Não há mais confiança

Você nunca sabe se ele(a) está dizendo a verdade, fica sempre com a pulga atrás da orelha e isso acaba consumindo suas energias. Esse tipo de relacionamento não é saudável. A verdade deve estar na base de qualquer relacionamento e, se ela não está presente, uma luz amarela começa a piscar. Os dois precisam ter privacidade, porém muitos segredos não constroem um relacionamento forte. Não vale a pena começar a construir um futuro com alguém em quem você não confia.

Valores diferentes

Cada pessoa tem um tipo de educação, o que acarreta em diferentes formas de pensar e valores distintos. Algumas vezes, os valores não são os mesmos, porém são compatíveis. Mas há casos em que essa compatibilidade não existe. Mudar a maneira que alguém pensa é algo muito difícil. Mentir, infringir leis, ser violento e desrespeitoso são apenas exemplos de comportamentos que algumas pessoas aceitam e outros não. Os valores estão enraizados na pessoa e, se eles são muito diferentes dos seus, o relacionamento estará em risco.

Você não vê seu parceiro no seu futuro

Você ama estar com ele(a), fazem coisas legais juntos, divertem-se, dão-se bem com os amigos uns dos outros, no entanto não consegue enxergar os dois juntos no futuro. Se o relacionamento é apenas uma curtição e ambos estão cientes disso, está ótimo. Senão, é importante não criar expectativas. Se a situação não for clara, seu parceiro poderá se iludir e, quanto mais longe isso for, mais ele(a) poderá sofrer.

Objetivos de vida diferentes

Você quer casar e ter filhos e ele(a) quer viver se aventurando ao redor do mundo? Se seus planos de vida são diferentes, não vale a pena continuar. Se os estilos de vida são incompatíveis, alguém precisa ceder para o relacionamento dar certo. Se nenhuma das partes quer abrir mão, o casal está fadado a não dar certo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível