Como usar um terreno como garantia para o empréstimo da casa

Escrito por joey campbell | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O valor de um terreno, ou equidade de terra, pode ser usado como o equivalente em dinheiro para um adiantamento quando se pretende construir uma casa. Para saber se tem bastante equidade em seu terreno para construir uma casa com pouco ou nenhum adicional de custo, faça uma lista das possíveis despesas de construção e custos finais. Em seguida, obtenha uma avaliação do valor de seu terreno e apresente essa informação ao agente de empréstimo para a análise de seu pedido de empréstimo habitacional. Com esses dados em mãos, o agente poderá lhe dizer se é possível usar seu bem como garantia para um sinal. Aqui estão as dicas para você embarcar nesse complexo processo.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Título da propriedade
  • Avaliação (se disponível)
  • Discriminação dos custos do construtor
  • Estimativa de custo de fechamento do seu empréstimo
  • Pesquisa sobre o terreno, se disponível
  • Comprovante de renda, holerites e formulário W2s (formulário que registra a quantia recebida e que tipo de impostos são deduzidos do seu salário) (se aplicável)
  • Comprovante de saldo no banco (se aplicável)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Agende uma reunião com o representante da instituição de crédito. Escolha uma empresa especializada em empréstimos para construção para sua pré-qualificação. No primeiro encontro serão discutidos os planos para a construção, histórico de crédito, os tipos de empréstimos disponíveis e qual você pode realmente pagar. O representante informará os custos envolvidos para fechar um empréstimo permanente de construção, dando crédito para suas equidade de terra. Se uma avaliação já tiver sido realizada, você poderá enviá-la para o representante. No entanto, provavelmente será necessário obter uma avaliação mais recente para o processo de empréstimo.

  2. 2

    Contrate um construtor respeitável. Para começar, agende um horário para que ele analise seu terreno e discuta seus planos. Um empreiteiro confiável analisará o terreno antes de dizer o que é ou não possível fazer. Depois de informá-lo detalhadamente sobre seus planos para a construção, peça para que ele elabore uma estimativa de custo para a sua obra.

  3. 3

    Calcule o total da construção e os custos de fechamento. Adicione esse montante ao valor do terreno. O total representa o custo para construir o seu projeto. O valor do bem é usado como um crédito sobre o custo total. Se você estiver devendo um saldo no terreno, totalize todos os custos e adicione o saldo no pagamento do terreno. Dependendo do percentual cobrado pelo banco para o empréstimo de construção, você ainda pode precisar fornecer alguma forma de pagamento em dinheiro.

  4. 4

    Veja um exemplo para certificar-se de que compreende o processo. Digamos que seu custo para a construção seja de R$ 220.000 e o terreno é avaliado em R$ 63.000. Você pode ter custos de fechamento que totalizam R$ 15.000, dependendo dos impostos e custos cobrados em seu estado. Assim, o valor total do custo para construir esse projeto será de R$ 298.000. Quando você subtrai o crédito do terreno, seu novo empréstimo será de R$ 235.000, que é apenas cerca de 80% do custo para a construção do projeto. Você não precisaria pagar pelos custos de um seguro privado de hipoteca em um empréstimo convencional e nenhum custo substancial. Existem fórmulas que são usadas por vários credores para calcular as porcentagens de empréstimo, alguns permitem uma variação de 5% no "caução", para o caso de aumento nos custos de material ou para explicar uma variável desconhecida; no entanto, essa é a fórmula básica de como funciona esse processo. Se houver um penhor sobre o terreno, ainda é possível usar a equidade como um crédito, e o saldo será pago quando você encerrar seu empréstimo para construção.

  5. 5

    Tome sua decisão final com base no que você pode pagar. Se o banco emprestar apenas 90% dos custos, e a equidade de terreno representa menos de 10%, você precisará levantar fundos adicionais. Exemplo: custo de construção de R$220.000, terreno no valor de R$ 63.000, custos de fechamento adicionais de até R$ 15.000, mas você deve R$ 47,000,000 pelo terreno. O custo para construir o projeto ainda seria de R$ 298.000, mas seu crédito agora é de R$ 16.000. (R$ 63.000 menos R$ 47.000). Os 10% representam os R$ 29.800 exigidos para pagamento, assim, a diferença seria de R$ 13.800 de custo para você. Só você sabe o que realmente pode pagar, mas lembre-se que, uma vez que o processo de construção tenha sido iniciado, é muito difícil voltar atrás. Por isso, certifique-se de tomar uma decisão informada e correta antes de contratar um empreiteiro para a construção da casa de seus sonhos.

Dicas & Advertências

  • Se você for presenteado com um terreno de uma grande extensão de terra, faça um levantamento da parcela que foi separada da porção maior. Depois de ter uma descrição legal da pesquisa, obtenha do proprietário uma escritura transmitindo a posse do terreno para você. Peça para um cartório ou advogado acompanhar esse processo, assim ele poderá verificar se há alguma "armadilha" na escritura do bem. Há uma taxa para esse trabalho, mas quando se trata dessas questões judiciais é melhor estar garantido.
  • Procure obter um empréstimo permanente de construção, se possível. Esse modelo de crédito tem uma característica que permite que você modifique seu empréstimo de construção para um permanente no final do projeto. Esse recurso economiza o custo de um fechamento completo. A maioria desses empréstimos não exigem que você se requalifique para o permanente ao final do projeto.
  • As diretrizes do credor de crédito para o valor do terreno, às vezes, são restritas. Se você comprou a propriedade nos últimos 12 meses, será considerado o valor pago (ou seja, "o menor valor da compra ou o valor avaliado"). Após esse período, o valor avaliado será usado.
  • Se você receber o terreno de presente, não poderá haver nenhum ônus contra a extensão de terra inteira, para que o proprietário possa transferir legalmente essa propriedade para você. Exceto se o titular da penhora estiver disposto a exceção, seria onde o titular do privilégio está disposto a fazer uma "doação parcial" da pequena extensão de terra que está sendo doada para você.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível