Testando um cilindro de oxigênio

Escrito por paul cartmell | Traduzido por philipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Testando um cilindro de oxigênio
É necessário testar os cilindros de oxigênio para reduzir os riscos de problemas (Oxygen image by JASON WINTER from Fotolia.com)

Cilindros de oxigênio oferecem grandes riscos, podendo causar incêndios e explosões de gás de alta pressão, de acordo com o Exército dos EUA. Para reduzir o risco de problemas, devem ser realizados testes dos cilindros em intervalos regulares.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

Cilindros de oxigênio são, normalmente, feitos de aço e alumínio. Eles devem passar por testes visual e hidrostático sob as diretrizes do Departamento de Segurança local. Cilindros de oxigênio de aço devem ser testados a cada 10 anos, já os cilindros de alumínio a cada cinco anos.

Visual

Durante o teste visual dos cilindros de oxigênio, são verificadas a existência de substâncias estranhas ou vazamentos nos cilindros e nas válvulas de segurança. Cilindros que contêm materiais, como fita adesiva ou ferrugem, não passam na inspeção.

Hidrostática

Durante os testes hidrostáticos os cilindros de oxigênio são colocados sob pressões de até 66% maior do que a sua pressão de trabalho, de acordo com o "Automatic Fire Control". Uma vez que um cilindro passou no teste requerido, ele é carimbado com a data do teste e os detalhes da agência de testes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível