Como testar uma vela de ignição com um ohmímetro

Escrito por tony oldhand | Traduzido por juscelino dorneles aleixo filho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como testar uma vela de ignição com um ohmímetro
Multímetro digital (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Se estiver achando que as velas de ignição estão causando problemas, deverá verificá-las antes de comprar novas. O procedimento não é difícil, mas requer algum conhecimento de como usar as ferramentas de mecânicos e um ohmímetro ou multímetro digital. Ou medidor medirá a resistência de uma vela de ignição em ohms.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Vela de ignição de chave soquete
  • Chave catraca
  • Barra de disjuntores
  • Ohmímetro (VOM) ou multímetro digital (DMM)
  • Calibre de velas
  • Manual de reparo
  • Torquímetro

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Remova a primeira vela de ignição com uma chave de soquete e uma barra de extensão ou uma catraca. É importante realizar o procedimento com o motor frio.

  2. 2

    Limpe a vela de ignição completamente. Isso inclui os fios e os eletrodos.

  3. 3

    Inspecione a vela cuidadosamente, procurando por qualquer dano mecânico, corrosão severa ou fissuras. Se algo for encontrado, a vela está em mau estado e deve ser substituída.

  4. 4

    Calibre o VOM, ou o DMM, e defina-o para o nível mais baixo de resistência. Coloque uma das pontas de prova do medidor no eletrodo central da vela e a outra ponta nos fios. Você deve obter uma leitura marcando infinito. Se estiver lendo alguma resistência, a vela deve ser substituída.

  5. 5

    Coloque uma ponta de prova no meio do eletrodo da vela e a outra ponta de prova no outro lado da vela. Você pode ter que reajustar as configurações de alcance do aparelho, para obter uma leitura correta. Registre a leitura de resistência.

  6. 6

    Entre em contato com o fabricante da vela de ignição e obtenha a faixa de resistência correta para o modelo da vela de ignição. Se a leitura que você gravou é dentro desse intervalo, a vela está na sua devida condição. Se a leitura estiver fora do intervalo, deve ser substituída.

  7. 7

    Ajuste o espaço da vela de ignição com o calibre, verificando no manual de reparo ou com o fabricante qual a configuração do espaço correto.

  8. 8

    Substitua a primeira vela de ignição no cabeçote e ajuste o torque conforme a especificação encontrada no manual, utilizando a chave de torque. Repita os passos de 1 a 7 para os cilindros restantes.

Dicas & Advertências

  • É melhor ter um manual de reparação automóvel acessível, como um manual Haynes, para o modelo e ano do seu carro. Isso o ajudará a determinar qual é o cilindro número um, número dois etc. Além disso, o manual terá as corretas especificações de torque e o espaçamento para as velas de ignição. Se não tiver um manual, ligue para o departamento de uma concessionária local que venda a marca do seu carro. Peça ao atendente a especificação de torque correta e a abertura das velas de ignição correta para o motor do seu veículo.
  • Faça este procedimento com o motor frio. Trabalhar em um motor quente pode causar queimaduras graves. Além disso, um motor quente não permitirá que você defina o torque correto nas velas substituídas, devido à expansão térmica e à contração dos cabeçotes.
  • Não utilize um torque muito alto ou baixo nas velas de ignição. Isso pode resultar em fios descascados no cabeçote do cilindro, o que exigirá um reparo caro e demorado. É extremamente importante apertar as velas com a especificação correta de torque.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível