Testes de disgrafia

Escrito por m. alanna white | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Testes de disgrafia
Seu filho sofre de disgrafia? (Image by Flickr.com, courtesy of Daniel Zanini H.)

A disgrafia é um distúrbio neurológico na caligrafia. Pacientes com disgrafia tem dificuldade em escrever palavras corretamente; eles processam as palavras que enxergam e escutam de uma maneira diferente. Essa condição faz com que escrevam palavras com as letras fora de ordem, de trás pra frente -- como os disléxicos -- e, na maioria dos casos, têm caligrafia ilegível.

Existem testes diferentes em várias áreas que resultam no diagnóstico da disgrafia. Essas áreas incluem testes de inteligência, memória de trabalho, habilidade de escrita e soletração, testes de consciência fonológica e recuperação de medidas de fluência.

Outras pessoas estão lendo

Testes de Inteligência

A Escala de Inteligência Wechsler é feita com crianças entre 6 e 16 anos, durante o processo de determinação do diagnóstico de disgrafia. Essa prova é aplicada em um conjunto de 10 testes com 5 subtestes, dentre eles, QI verbal e de performance, compreensão verbal e velocidade de processamento.

O Sistema de Avaliação Cognitiva é composto de um teste que mede a habilidade de processamento cognitivo de uma criança. Inclui simulação de ações do administrador do teste e técnicas de planejamento envolvendo pequenos processos, como blocos de montar.

Memória de Trabalho

Os testes de habilidades cognitivas Woodcock-Johnson III incluem uma série de testes orais compostos de soletração, matemática e leitura. Avalia funções cognitivas específicas que identifica a incapacidade e os pontos fortes da criança dentro dessas três matérias.

A avaliação da Variação da Memória e Aprendizado é aplicada ao longo do sistema escolar, começando no jardim-da-infância e terminando quando o aluno está no último ano do ensino médio. É um processo contínuo que mede a taxa de aprendizagem e retenção de informações da criança.

Habilidades de Escrita e Soletração

O teste Wechsler de Realização Individual também é administrado ao longo da carreira acadêmica da criança. Entretanto, no que diz respeito à disgrafia, esse teste permite respostas escritas e, em alguns casos, dissertações. Isso permite aos administradores e professores avaliar se a criança demonstra caligrafia disgráfica ou, no caso dos que já estiverem diagnosticados, avalia o processo feito durante os anos de escola. As séries de Woodcock-Johnson III também cobrem o mesmo material.

Testes de Consciência Fonológica

Os testes de consciência fonológica incluem C-Topp, Ataque de Palavras e Processamento Fonológico. Esses testes avaliam interpretações feitas pelas crianças em resposta à palavras faladas, cartões e, em alguns casos, objetos. O segredo para avaliar crianças com disgrafia é que as palavras ditas são frequentemente mal-interpretadas quando repetidas para elas. Ao se pedir para escrever o nome da mídia escolhida, muitas vezes a criança escolhe errado ou na ordem errada.

Recuperação de Medidas de Fluência

Os testes de recuperação de medidas de fluência incluem avaliações como NEPSY, Código Expressivo e Sentido de Sentenças e Associação de Controle de Palavras Orais. Eles são administrados pedindo às crianças para identificar um cartão ou objeto, bem como criar estruturas de sentenças. As crianças que sofrem de disgrafia não conseguem montar estruturas que façam sentido, com palavras colocadas em lugares errados e, algumas vezes, escritas de forma errada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível