Testosterona em gel ou em adesivo

Escrito por holly huntington | Traduzido por ana carolina
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Testosterona em gel ou em adesivo
Adesivo e gel de testosterona. (testosterone image by Cornelia Pithart from Fotolia.com)

A testosterona, hormônio masculino responsável por ajudar a manter a produção de esperma e pela libido sexual, pode estar em níveis baixos em alguns homens. Essa diminuição pode causar sintomas que requeiram o uso de testosterona sintética, prescrita por um médico. Se isso acontecer, seu médico pode lhe prescrever testosterona em gel ou em adesivo.

Outras pessoas estão lendo

Gel de testosterona

O gel de testosterona (Androgel ou Testim) é geralmente aplicado uma vez ao dia, normalmente pelas manhãs, e somente nos membros superiores (braços, ombros, área abdominal). A pele deve ser lavada e seca ao ar livre antes da aplicação. Essa forma de administração de testosterona é menos dolorosa que a injeção ou que as formas adesivas disponíveis, além do uso ser mais conveniente, pois é similar à aplicação de um creme. A dose diária de cinco gramas está disponível em sachê ou tubo, tornando desnecessário medir a sua dose.

Desvantagens do gel

Devido ao potencial de "manchar" outras pessoas com o gel, é recomendado que as mãos sejam bem lavadas depois da aplicação e deve-se permitir que o gel seque, antes de se vestir. Além disso, depois da aplicação os usuários de testosterona em gel devem esperar seis horas antes de nadar ou tomar banho, para garantir sua eficiência terapêutica.

Perigos do gel

Como a testosterona pode ser aplicada diretamente na pele, e é conhecida por seu papel importante em aumentar os níveis desse hormônio, qualquer contato direto - ou indireto - com crianças ou mulheres (principalmente grávidas), pode causar consequências físicas adversas (formação de caráter sexual masculino), de acordo com o site Drugs.com (veja as Referências).

Adesivo Testoderm

O Testoderm é aplicado diretamente na área escrotal, mas apenas depois que a área for depilada e seca. Esse adesivo libera doses iguais de testosterona ao longo do dia. Geralmente, recomenda-se usar um adesivo por dia (24 horas), substituindo no dia seguinte, por oito semanas.

Adesivo Androderm

O Androderm é aplicado em outras áreas do corpo (coxa, costas, antebraços, e área abdominal). Eles não são colocados no saco escrotal, ou em qualquer outra área que seja pressionada quando você senta ou dorme, pois precisam ficar por 24 horas naquele lugar que foi colocado. Deve-se revezar o local da aplicação, sem que se repita um local durante os sete dias da semana.

Contras do adesivo

Quando o adesivo é removido, resíduos de testosterona podem permanecer no corpo. Isso pode aumentar o risco de transferência do hormônio para a pele do parceiro durante a relação sexual, possivelmente resultando em efeitos colaterais (como acne e crescimento de pelos), de acordo com Drugs.com (veja as Referências). Além disso, os adesivos podem irritar a pele, podendo surgir prurido ou vermelhidão no local da aplicação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível