The History of the Detroit Diesel 6-71 TIB

Escrito por evan gillespie Google | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
The History of the Detroit Diesel 6-71 TIB
Os motores da série 71 foram colocados em rebocadores (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Produzido de 1930 até a década de 1990, os motores Detroit Diesel da série 71 são os motores a diesel mais persistentes já desenvolvidos. Originalmente concebidos como alternativa para os grandes motores para locomotivas da General Motors, a série 71 provou ser digna de uso tanto para fins marítimos, quanto industriais e militares.

Outras pessoas estão lendo

História da empresa

A entrada da General Motors no desenvolvimento de motores a diesel começou em 1930, quando a empresa comprou a Winton Engines - um fabricante de motores diesel - e a Electro-Motive Engineering, fabricante de motores a diesel para locomotivas. O negócios de motores para locomotivas da GM fez sucesso rapidamente, e a empresa estabeleceu sua divisão de Detroit em 1937 para iniciar o desenvolvimento de motores menores para uso industrial e marítimo. A divisão continuou a produzi-los para a GM ao longo dos anos do pós-guerra, e em 1970 se fundiu com a divisão Allison da empresa. O declínio das vendas na década de 1980 levou a GM a procurar um comprador para a Detroit Diesel, e o controle da empresa foi adquirido pela Roger Penske's Penske Corporation em 1988.

Origens da série 71

O motor da série 71 foi o primeiro produto da divisão Detroit Diesel da GM. Era um motor de dois cilindros com 1163 cc por cilindro. Inicialmente destinado a ser utilizado em camiões e carros da GM, o motor também podia ser aproveitado em vários distribuidores, montadores, geradores e transmissores, permitindo que fosse usado em muitas aplicações marítimas e industriais. Quando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial, a série 71 foi adaptada para uso em embarcações de desembarque marítimo e tanques, bem como outras aplicações militares.

Usos

A série 71 provou ser extremamente versátil. Foi utilizada em aplicações industriais, tais como geradores de energia, refrigeradores, sistemas de bombeamento, e em contextos marítimos foi utilizado em navios de energia e para a propulsão de rebocadores e pequenos barcos de trabalho. Após a Segunda Guerra Mundial, a Detroit Diesel apresentou versões do motor que poderiam ser usadas em caminhões.

Variações

Os motores da série 71 foram produzidos com um, dois, três, quatro ou seis cilindros, todas as versões com configuração em linha. Nos anos 1950, foram lançadas as configurações em V, nas versões de seis, oito, 12 e 16 cilindros. A configuração do motor está indicada no nome, de modo que um 6-71 é um motor em linha de seis cilindros, enquanto que um 71-6V é um V-6. Os sufixos indicam quando o motor está equipado com turbocompressores, intercoolers ou ventiladores tipo raízes, o motor 6-71TIB apresenta todo esse equipamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível