O que faz uma tinta que brilha no escuro brilhar?

Escrito por tyler lacoma | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que faz uma tinta que brilha no escuro brilhar?
A tinta que brilha no escuro utiliza substâncias que absorvem a luz e a irradiam de volta. (glow wire blurs image by pdtnc from Fotolia.com)

Tintas que brilham no escuro são usadas em várias atividades diferentes. As tintas próprias para serem usadas no corpo podem ser aplicadas de forma segura na pele, enquanto as tintas para trabalhos de artes devem ser usadas em telas para adicionar às pinturas detalhes que brilham no escuro. Outras tintas são usadas em objetos metálicos, como carros. Geralmente, as tintas que brilham no escuro funcionam por um processo químico mais permanente e, por isso, diferente daquele dos braceletes e barrinhas para festas, apesar de os dois processos estarem relacionados.

Outras pessoas estão lendo

Fosforescência

A chave da tinta que brilha no escuro é uma família de substâncias conhecida como fósforos ou substâncias fosforescentes. Elas possuem qualidades especiais que as permitem produzir luz própria sob certas circunstâncias. Muitas dessas substâncias são metais pesados ou compostos tóxicos, e por isso não podem ser usadas em todas as tintas; mas partículas de materiais fosforescentes são misturadas com tintas criadas para mantê-las em um substrato. Sulfeto de zinco, aluminato de estrôncio e silicato de terra alcalina são algumas das substâncias mais comuns. O sulfeto de zinco foi aprovado para ser utilizado em pintura corporal.

Processo

Quando materiais fosforescentes entram em contato com a energia da luz, eles absorvem um pouco dessa energia e a mantém em um estado conhecido como "meta-estável". Isso significa que a luz não é refletida imediatamente, como ocorre no caso da maioria das substâncias, nem completamente absorvida, mas permanece nos átomos da substância, tornando-os mais energéticos. Eventualmente, os átomos liberam essa energia reprimida na forma de fótons, com um atraso que faz com que a substância brilhe depois que a luz acaba.

Ativadoras e emissoras

Dependendo da tinta que brilha no escuro, alguns tipos de luz são ativadores e outros tipos são emissores. Comprimentos de onda ativadores são aqueles que a tinta irá absorver e manter, enquanto que os emissores são o tipo de luz que a tinta irá produzir, geralmente em uma cor diferente daquela da luz absorvida. Luzes emissoras vermelhas, laranjas e verdes são as mais comuns, mas algumas versões de aluminato emitem azul.

Quimioluminescência

Quimioluminescência é um termo utilizado para produtos que brilham no escuro por um curto período de tempo e que usam soluções que interagem entre si para formar luz química. Ao invés de absorver luz de outras fontes, essas soluções trocam energia e produzem ondas de luz a partir de outras fontes. Apesar de essas substâncias não serem altamente tóxicas, elas raramente são usadas como tinta que brilha no escuro, pois duram somente algumas horas antes de desaparecer. Às vezes a tinta quimioluminescente é utilizada em eventos de entretenimento.

Tipos de tinta

A tinta que brilha no escuro vem em duas variedades diferentes: um tipo marcado como "diurno" e outro sem esse rótulo. As tintas "diurnas" são mais translúcidas e mostram as cores da tinta por baixo da camada durante o dia e brilham com suas próprias cores quando estão no escuro. Tintas sem o recurso "diurno" são opacas e suas cores só serão vistas com pouca luz.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível