Tipos de agentes patológicos

Escrito por arthur barnhouse | Traduzido por adonis queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de agentes patológicos
Doenças patogênicas são muito perigosas para a saúde humana (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Patógenos sanguíneos referem-se aos microrganismos patogênicos, como vírus e bactérias, que podem existir no sangue e causam doença em seres humanos. Eles são transmitidos de uma pessoa para outra através do contato com fluidos corporais infectados. Há muitos agentes patogênicos sanguíneos diferentes. Os tipos mais perigosos transmissíveis pelo sangue são: vírus da imunodeficiência humana (HIV), vírus da hepatite C (HCV) e vírus da hepatite B (HBV).

Outras pessoas estão lendo

Vírus da imunodeficiência humana

O HIV ataca o sistema imunológico. Com o sistema imune deteriorado, o corpo torna-se suscetível a outras doenças mortais. Eventualmente, o HIV leva ao desenvolvimento da AIDS, síndrome de imunodeficiência adquirida. A AIDS é uma doença fatal, sem cura conhecida, embora o tratamento tenha avançado muito ao longo dos anos. Pode demorar muitos anos até a AIDS se desenvolver a partir do HIV.

Como todos os agentes patogênicos transmitidos pelo sangue, esse vírus pode entrar no seu corpo através do contato sexual, feridas abertas, bolhas, ou abrasões, bem como as membranas mucosas dos olhos, nariz e boca. Por isso, é especialmente importante para as equipes de emergência e profissionais da indústria de cuidados de saúde tomarem medidas de proteção adequadas sempre que lidarem com sangue potencialmente contaminado.

Vírus da hepatite B

A hepatite B causa infecção e inflamação no fígado. É transmitida principalmente através do contato com sangue infectado e pode causar condições sérias como cirrose e câncer de fígado. Embora não haja cura para a condição, a vacina está disponível desde 1982, um avanço que, desde então, reduziu o número de infecções por HBV entre crianças e adolescentes. A vacina é composta por uma série de três doses que aumentam gradualmente até o corpo desenvolver imunidade contra o vírus.

De acordo com a equipe da Mayo Clinic, a maioria dos adultos infectados com a hepatite B se recupera totalmente. No entanto, as pessoas infectadas devem sempre se lembrar de tomar as devidas precauções a fim de evitar a disseminação do HBV.

Vírus da hepatite C

A hepatite C é considerada a mais mortal dos vírus da hepatite. É uma das principais causas de doença hepática aguda e crônica, que inclui cirrose e câncer. A maioria das pessoas com hepatite C não sabem que estão infectadas com o vírus até que os sintomas de lesão hepática comecem a aparecer, o que pode acontecer anos após a infecção ter ocorrido. A causa mais comum de infecção é o contato com sangue contaminado por meio do compartilhamento de agulhas durante o uso de drogas ilegais.

Se o HCV está causando apenas ligeiras alterações no fígado, pode não ser necessário qualquer tratamento. O acompanhamento de simples exames de sangue monitorará a saúde do fígado. Caso contrário, medicamentos antivirais serão prescritos. Finalmente, nos casos de dano grave, pode ser necessário recorrer a um transplante de fígado. Uma vez transplantado o novo órgão, e como o procedimento não cura a hepatite C, o tratamento de seguimento com medicação antiviral é necessário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível