Saúde

Tipos de calcificações pélvicas

Escrito por adelaide tresor | Traduzido por luiz carlos de frança júnior
Tipos de calcificações pélvicas

A presença e o tipo de calcificação pélvica é tipicamente confirmada por raio-X

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Calcificações pélvicas ocorrem em crianças e adultos, e são causadas por uma variedade de fatores. O tratamento adequado desta condição dolorosa depende da capacidade do profissional médico de identificar corretamente, por raios-X, o tipo de depósito de calcificação e a sua causa. Dieta ou medicação podem aliviar a inflamação crônica e prevenir a calcificação no futuro.

Cálculos

Cálculos normalmente se formam nas veias pélvicas, quando sais de cálcio se precipitam. Quando isso ocorre repetidamente, as camadas calcificadas solidificam e se acumulam umas sobre as outras, preenchendo o que deveria ser uma estrutura oca no interior pelve. Dependendo da frequência de depósitos, os cálculos podem formar calcificações lisas ou irregulares. As calcificações lucentes são o resultado de depósitos de sais de cálcio pouco frequentes, enquanto os cálculos densos se formam a partir de depósitos de sal de cálcio que se precipitam regularmente. A aparência dos depósitos é específica para este tipo de calcificação, por isso o diagnóstico pode ser feito com toda a certeza.

Parede de vasos

Embora a formação de calcificação na parede de vasos seja mais comum na aorta abdominal, estes depósitos podem formar-se em qualquer canal interno que transmita fluidos, incluindo os vasos sanguíneos pélvicos. Estas calcificações não devem ser confundidas com a calcificação cística da parede, o que é semelhante em estrutura, mas maior em diâmetro, devido ao fato de que as calcificações na parede de vasos geralmente ocorrem nos vasos capilares, que são os menores canais na pélvis. A aparência nos raios-X varia de uma série de manchas ramificadas a faixas ou anéis densos.

Flebólitos

Flebólitos são pedras que se formam dentro de veias pélvicas, e são considerados um tipo de cálculo devido à sua estrutura. Os flebólitos, em seus estágios iniciais, são considerados artefatos de imagem, e os radiologistas frequentemente não documentam sua presença em relatórios médicos. Eles são considerados oficialmente concretos quando se formam na parte inferior da entrada pélvica. Ao contrário de outros tipos de calcificação, flebólitos são exclusivos da pélvis.

Endometriose relacionada a calcificações

Calcificações pélvicas às vezes acompanham a endometriose ou imitam os sintomas desta. A razão para isso ainda é desconhecida, no entanto, as mulheres que sofrem de dor crônica na região pélvica devem manter esta possibilidade em mente. Se a excisão da endometriose não aliviar a dor, ou caso os exames não revelem que a endometriose está presente, as mulheres devem pedir uma checagem da calcificação pélvica, além dos exames de rotina para cistos ovarianos ou miomas.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media