Tipos de câmeras de vídeo profissionais

Escrito por richard klopfenstein | Traduzido por lucas calazans
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de câmeras de vídeo profissionais
Câmeras têm uma imensidade de modelos além de diversos usos (TV Camera in tripod image by photooiasson from Fotolia.com)

A linha de produtos de câmeras de vídeo profissionais pode ser complexa, especialmente considerando que cada tipo de câmera pode ter um uso específico, e o modelo que uma empresa de produção compra é extremamente dependente de suas necessidades e seu orçamento. Embora todas as câmeras possuam as mesmas características, como lentes, foco, zoom e som, os detalhes técnicos variam muito, e a maioria dos modelos se enquadram em uma das quatro categorias.

Outras pessoas estão lendo

Câmeras de estúdio

Câmeras de estúdio são projetadas para uso dentro de um estúdio de produção de TV. Elas estão geralmente associadas a grandes suportes mecânicos com rodas para ser movimentados, não possuem dispositivo de gravação e enviam o seu sinal para a sala de controle da produção, podendo ser utilizado em conjunto com outras câmaras.

O estande também faz parte da câmera, e tem controles para ajustar o foco e zoom sem tocar na câmara real, a capacidade de movê-la ao redor do estúdio e um monitor conectado para ver a imagem sem um visor.

Câmeras ENG & EFP

Uma câmera ENG, sigla em inglês para "captação eletrônica de notícias," é essencialmente um estúdio inteiro em uma câmera e o tipo mais popular para gravações gerais. Estas câmeras podem gravar em fita ou em disco digital, têm abertura de zoom, recebem múltiplas entradas de áudio através de cabos XLR, definem o foco e controles de abertura manualmente e geram barras de cores. Estas câmaras são normalmente utilizados em um tripé dobrável ou montado em apoio para os ombros.

Uma câmera EFP, que significa "produção eletrônica em campo", é semelhante a uma ENG, e é usada para filmar em um local em específico.

As câmeras prosumers

Esta categoria de câmeras é feita para usuários que desejam vídeo de qualidade profissional a um preço razoável e com preço viável ao consumidor. Fornecem qualidade suficiente para projetos de pequena escala e possuem os mais baixos preços de câmeras tradicionais para fins de produção. Podem, no entanto, ter alguns inconvenientes técnicos em comparação com câmeras mais caras, como um sensor ao invés de três, a definição padrão em vez de HD, entrelaçados em vez de progressivo e a gravação em fita, ao invés do formato digital.

Marcar essa categoria como sendo de baixo nível seria um erro, uma vez que estas câmeras ainda oferecem muitas características da filmagem profissional, como foco, alcance de zoom, entrada de som XLR e fotografia de longa exposição. Modelos como a Sony HVR-A1U e a Canon GL-2 são escolhas populares.

Câmeras DLSR

Desde 2010, o uso de câmeras DSLR, inglês para "câmera reflex monobjetiva digital", aumentou exponencialmente. Essas câmeras já foram utilizadas apenas para a fotografia e, mais tarde, quando o vídeo HD foi adicionado, elas se tornaram uma maneira simples de criar vídeos de alta qualidade. Em maio de 2010, o programa de TV "House" usou uma Canon 5D Mark II para filmar o final da temporada, ao invés de uma câmera de estúdio tradicional.

Essas câmeras não oferecem muitos controles além de foco, abertura, balanço de branco e zoom, mas é possível criar vídeos em alta definição relativamente baratos. Produções de menor escala podem considerar que estas sejam perfeitas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível