×
Loading ...

Tipos de câncer ósseo em gatos

Atualizado em 21 novembro, 2016

O câncer de osso é uma doença frequentemente fatal que pode afetar gatos, cães e outros animais de estimação. Ele geralmente atinge os gatos que têm 10 anos ou mais, mas pode afetar os mais jovens também. Os gatos com câncer de osso podem apresentar sintomas que podem ser facilmente confundidos com artrite, como dor e rigidez. Mancar também é um sinal precoce de câncer ósseo. Essa é uma doença de ação rápida e precisa ser tratada o mais cedo possível. Quimioterapia, radioterapia e cirurgia são os tratamentos mais comuns para o câncer de osso felino.

Os tumores ósseos são cânceres agressivos que são fatais para os gatos se não forem tratados (cats face image by Nicemonkey from Fotolia.com)

O osteossarcoma

O osteossarcoma é o tipo mais comum de tumor ósseo encontrado em gatos. Setenta por cento de todos os casos de câncer ósseo felino estão relacionados com ele. Este tipo de câncer afeta os ossos longos, geralmente nas patas traseiras. Os tumores podem fazer os ossos se desintegrarem. Normalmente, o osteossarcoma avança mais lentamente em gatos do que em cães. As gatas são mais suscetíveis de serem afetadas do que os gatos, e os gatos domésticos de pelo curto são a raça mais propensa a desenvolver a doença. Os felinos com osteossarcoma podem mancar, ter rigidez ou dor na área afetada.

Loading...

O fibrossarcoma

Esses tumores são agressivos e a metástase para outros órgãos do corpo ocorre muito rapidamente. Um em cada 3.000 gatos desenvolve fibrossarcoma. A maioria desses tumores crescem no local de uma vacina, embora alguns se desenvolvam naturalmente. Como os tumores são agressivos, uma grande parte da pele e mesmo do osso em torno do tumor é removido durante a cirurgia, que é o tratamento mais comum para o fibrossarcoma, embora seja eficaz somente em cerca de 50 por cento dos casos.

O lipossarcoma

Os tumores lipossarcoma se localizam e se espalham mais lentamente do que outros tipos de câncer ósseo. Ele se origina nas células de gordura de gatos mais velhos. Se não for tratado, pode se espalhar para os ossos e órgãos, como os rins ou o fígado. Esses tumores são removidos cirurgicamente. Como são lentos para se espalhar pelo corpo, os gatos com lipossarcoma têm uma maior taxa de sobrevivência do que aquelas com outros tipos de cânceres.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...