Os tipos de carne indicados para quem tem colesterol alto

Escrito por heather robson | Traduzido por lara hildebrand braghim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os tipos de carne indicados para quem tem colesterol alto
O consumo da carne de peixe traz benefícios à saúde (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

O colesterol alto pode elevar os riscos de enfarte e outras doenças do coração. Se as taxas de gordura no sangue estiverem elevadas e houver o risco de doenças cardíacas, algumas medidas alimentares deverão ser adotadas, a fim de preservar o coração. O corpo precisa tanto de proteínas quanto de gorduras para atingir o equilíbrio e a saúde perfeita, portanto os tipos certos desses nutrientes são importantes. Isso significa que alguns tipos de carne são mais indicados para o consumo do que outros, principalmente para quem tem colesterol alto.

Outras pessoas estão lendo

Natural é melhor

A carne de animais que são criados ao natural é a melhor. Por exemplo, a carne de bovinos criados com alimentação à base de grãos e tratados com antibióticos não tem a mesma composição nutricional da carne de gado alimentado com capim. A principal diferença é que a carne de animais criados naturalmente e carnes de caça, como o bisão, veado ou alce, têm uma quantidade quase igual de ômega-6 e ômega-3, os ácidos gordurosos essenciais. A carne de animais alimentados com grãos têm um nível muito maior de ômega-6 do que ômega-3. Atingir o equilíbrio de ômega-3 e ômega-6 é importante para a saúde do coração. Um estudo publicado em 29 de outubro de 2009 ,"Nutrition Research", confirma isso. Uma equipe de pesquisadores liderada pelo Dr. Chattipakorn, na Unidade de Eletrofisiologia Cardiológica da Universidade de Chiang Mai, Tailândia, constatou que as pessoas que morreram de doença cardíaca tinham baixos níveis de ômega-3. Para aumentar o nível de seu ômega-3, ácido graxo essencial -- que pode melhorar os níveis de colesterol e a saúde cardíaca --, escolha a carne de bovinos que se alimentam com capim, ou carnes de caça, como bisão, veado e alce quando possível.

Coma mais peixes

A carne de peixe é uma das proteínas de mais alta qualidade. Tanto os peixes gordos, como o atum e salmão, e peixes magros, como o bacalhau e tilápia, trazem benefícios ao coração. Foi realizado um estudo sobre os benefícios do consumo de peixe por uma equipe de pesquisadores da Escola de Saúde Pública e Nutrição Clínica da Universidade de Kuopio, na Finlândia. Os resultados, publicados na edição de dezembro de 2009, do "European Journal of Nutrition", mostram que peixes mais gordurosos ajudam a reduzir a inflamação arterial. Níveis elevados de inflamação nas artérias estão associados a um maior risco de ataque cardíaco. Já a carne dos peixes mais magros ajudou a melhorar os níveis de colesterol no sangue, diminuindo a gordura saturada. Consumir carne peixe duas ou três vezes por semana ajuda a melhorar os níveis de colesterol total e saúde do coração. Para obter os melhores resultados, é indicada a escolha de uma variedade de peixes, dando preferência àqueles que têm baixo teor de mercúrio, como o salmão do Alasca e tilápias criadas em fazendas.

Carne branca

A carne branca magra, como o frango ou o peito de peru, é outra boa fonte de proteína para as pessoas que têm o colesterol alto. A carne branca naturalmente tem teor baixo em gordura saturada, que é a gordura que eleva os seus níveis de colesterol. Para diminuir ainda mais a gordura, remova a pele antes de cozinhar. Cozinhe peitos de frango em água com caldo de galinha de baixo teor de gordura para que a carne fique úmida. Tempere frango ou peru com ervas e especiarias que ajudam a baixar os níveis de colesterol. De acordo com um artigo publicado na CNN em dezembro de 2006, chamado "Spices and Herbs May Help You Avoid Disease", cúrcuma e canela trazem benefícios ao coração. Açafrão, uma especiaria bastante usada nos pratos salgados de origem indiana, ajuda a diminuir a inflamação de baixo grau e colesterol. O uso da canela adiciona um sabor exótico às suas carnes e ajuda o corpo a regular as taxas de glicose e diminuir o colesterol. O alho é outra boa maneira de dar sabor ao seu alimento. É um dos temperos favoritos na culinária ocidental e ajuda a baixar a pressão arterial e o colesterol.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível