Tipos de colírios otológicos

Escrito por charisse esmeralde | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de colírios otológicos
Cuide de seu ouvido (Piotr Marcinski/iStock/Getty Images)

Existem vários tipos de colírios otológicos para tratar sintomas da produção excessiva de cera e infecções no ouvido. As soluções indicadas para remover o excesso de cerume no canal auditivo são vendidas livremente, enquanto que as usadas para aliviar a dor causada por infecções e otite externa requerem prescrição médica.

Outras pessoas estão lendo

Remoção de cerume

Existem colírios que ajudam a remover o acúmulo excessivo de cera nos ouvidos, que endurece quando fica preso no canal auditivo. Isso não apenas prejudica gradualmente a audição, mas também pode causar dor no local. O ingrediente ativo dessas soluções é o peróxido de carbamida, que ajuda a quebrar a cera em pedaços menores, permitindo que ela seja removida mais facilmente. Esses fármacos são vendidos em farmácias e estão disponíveis sem receita médica.

A maioria dos kits para remoção de cerume inclui um frasco do colírio e uma seringa. Para iniciar a aplicação, deite-se lateralmente com um dos ouvidos tocando o travesseiro. Coloque de cinco a dez gotas de colírio no ouvido, certificando-se de que a ponta do frasco conta-gotas NÃO adentra o canal auditivo. Continue nessa posição por quatro a cinco minutos e coloque um pedaço de algodão na orelha durante esse tempo, para evitar que as gotas escorram pela orelha. Utilizando a seringa, limpe o ouvido com água morna e, em seguida, repita o processo no outro lado. Aplique o colírio duas vezes por dia por até sete ou dez dias. Não é recomendável deixar as gotas no ouvido durante a noite.

Infecções e otite externa

A antipirina e a benzocaína são os tipos de substâncias medicamentosas usadas nos colírios, para ajudar a aliviar a dor associada a problemas que afetam os ouvidos. A otite é uma condição causada pelo excesso de água que fica presa no canal auditivo, muitas vezes após o banho. Os dois fármacos podem ser comprados mediante prescrição e reduzem significativamente a dor causada por infecções. No entanto, nenhum deles é capaz de tratar o problema por completo. Para isso, é provável que o médico também prescreva um antibiótico separado que irá combater os organismos causadores e, eventualmente, curar a infecção no ouvido.

Dores de ouvido

As dores de ouvido são um efeito colateral comum de resfriados ou gripes. Existem colírios homeopáticos que alegam oferecer alívio temporário e natural. Porém, se mesmo após a aplicação da solução a dor persistir por mais de 48 horas, isso pode ser sinal de uma condição mais grave (crônica). Consulte um médico especialista para obter um diagnóstico detalhado.

Advertências e isenção de responsabilidade

Os colírios otológicos são desenvolvidos para proporcionar alívio temporário, e não curas a longo prazo. Se depois de 7 dias de tratamento a dor persistir, seja pelo excesso de cerume ou pela infecção, um profissional da saúde deverá ser consultado para examinar o local e prescrever um remédio alternativo. Além disso, mulheres grávidas ou que estejam amamentando devem consultar o médico para receber outras recomendações, antes de usar qualquer tipo de colírio otológico.

Colírios otológicos para crianças

Estes medicamentos são seguros para o uso em ouvidos de crianças. No entanto, caso não se sinta confortável em administrá-los a seu filho ou não esteja certo da causa das dores de ouvido que ele vem sentindo, marque uma consulta com o pediatra para ser melhor orientado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível