Tipos de computadores mainframe

Escrito por justin schamotta | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de computadores mainframe
Mainframes geralmente são imponentemente grandes (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os mainframes são computadores de alto desempenho usados para processamento intensivo em grande escala, o que não é possível fazer usando as máquinas normais. Eles têm sido tradicionalmente usados por bancos, agências governamentais e corporações que exigem um computador confiável e seguro para a realização de operações vitais e armazenamento de grandes quantidades de dados. Os mainframes diferem em seus sistemas operacionais, fornecedores e conjuntos de código de dados.

Outras pessoas estão lendo

História

O primeiro mainframe apareceu em 1944, na escola Moore. Conhecido como Eniac, um acrônimo para "electronic numerical integrator and computer" (computador integrador numérico eletrônico), possuía 30 unidades separadas e pesava mais de 30 toneladas. Dentro dele havia 1.500 transmissores, 19.000 tubos de vácuo e centenas de milhares de resistores, indutores e capacitores. Em 1951, o mainframe UNIVAC I foi entregue para o Census Bureau dos Estados Unidos (equivalente ao IBGE, no Brasil). O UNIVAC diferia do ENIAC por processar cada dígito separadamente. A década de 1950 foi o auge da computação com mainframes e presenciou sua extensa produção por empresas como IBM, Control Data, NCR, General Electric, UNIVAC, Burroughs, Honeywell e RC. Embora os primeiros mainframes diferissem levemente em como armazenavam e processavam informações, todos partilharam o objetivo de funcionar a partir de uma localização central.

Mainframes modernos

Existem dois tipos de mainframes modernos. No primeiro tipo, estão incluídas as máquinas multiuso recém arquitetadas, não mais restritas apenas à computação centralizada. Elas são capazes de atender usuários distribuídos e servidores menores de uma rede. No segundo tipo estão os velhos mainframes, que têm sido revisados para atender as exigências modernas, como a execução de programas na internet. Apesar das previsões que os mainframes seriam extintos antes da virada do milênio passado, essas máquinas estão provando ser o que Steve Lohr, da IBM, denominou como "a tecnologia clássica sobrevivente".

Sistemas operacionais

A maioria dos mainframes modernos é fabricada pela IBM, Hitachi e Amdahl. As máquinas da IBM usam o sistema operacional MVS. Os sistemas MVS apresentam uma opção de ambiente com compartilhamento de tempo, semelhante ao "prompt" do DOS, familiar aos usuários de PC. Isso permite aos usuários consultar o tipo de mainframe que está sendo usado e a saúde geral do sistema. Outros mainframes usam os sistemas operacionais Unix, Linux, z/OS, OS/390, VM e VSE.

Tipos de dados do mainframe

Os mainframes armazenam dados de duas maneiras. A maioria usa o conjunto de códigos EBCDIC, embora alguns possam usar a codificação ASCII. O conjunto de código se relaciona com a maneira como os mainframes codificam o alfabeto internamente. Por exemplo, aqueles que utilizam o conjunto de código ASCII armazenam a letra "A" como o valor hexadecimal 45 (65 em decimal). No conjunto de código EBCDIC, a mesma letra é representada pelo valor hex C1 (193 em decimal). Os dados não podem ser transferidos entre máquinas usando conjuntos de código diferentes sem que primeiro eles sejam convertidos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível