Tipos de esmaltes vitrificados

Escrito por david weedmark Google | Traduzido por lennon motta
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de esmaltes vitrificados
Esmaltes vitrificados na cor ciano atingem a sua cor única em um forno com oxigênio limitado (pottery image by Raimundas from Fotolia.com)

Esmaltes vitrificados são utilizados primordialmente para impermeabilizar superfícies porosas de olaria e cerâmica, assim como para criar efeitos diferentes nas texturas e cores de olarias. Isso pode ser feito revestindo a cerâmica com um esmalte vitrificado e depois "assando" a cerâmica em um forno. Os tipos diferentes de esmaltes são tecnicamente ilimitados. A maioria das misturas de esmalte pode ser escolhida pela forma como reagem com fogo, o efeito produzido com o fogo e as temperaturas para as quais são designados.

Outras pessoas estão lendo

Oxidação e esmaltes de redução

A maioria dos esmaltes foi planejado para oxidação e são feitos em fornos elétricos em temperaturas entre 884° C e 1387° C. O oxigênio reage com o material do esmalte, transformando em cinzas. Os pigmentos metálicos com o ferro oxida, dando um brilho na cor. Esmaltes que são feitos para redução geralmente são feitos em fornos a gás em temperaturas entre 871° C a 1037° C. O oxigênio é limitado, resultando em um ambiente que é rico em dióxido e monóxido de carbono. Esmaltes de redução incluem o vermelho vivo e o branco leitoso do "ciano".

Esmaltes crus e quentes

Um esmalte cru é feito combinando substâncias sintéticas e naturais, com o quartzo e pedaços de argila, que ficam suspensos em um líquido baseado em água e espalhados na cerâmica. Quando aquecidos, esses pedaços oxidarão. Um esmalte quente é feito de pedaços de vidro derretido, que também são suspensos e espalhados na cerâmica.

Altas, médias e baixas temperaturas para esmaltes

A mistura de diferentes materiais reage de forma diferente quando aquecidos e reagem de forma diferente à temperatura. Para criar cores mais brilhantes, esmaltes de fogo baixo são utilizados, que reage em uma temperatura entre 889° C e 1120° C. Existem esmaltes com menos cores quando são pouco aquecidos. Para uma cor clara, às vezes transparente, o fogo alto deve ser utilizado. Essas oxidam a uma temperatura média de 1262° C. Com diversas coberturas, os esmaltes para fogo alto podem ter cores muito profundas.

Misturas brilhantes ou não brilhantes

Misturas que não são brilhantes geralmente criam uma cobertura de esmalte na cerâmica. Esses geralmente são de cores leves ou até mesmo transparentes, com pouca ou nenhuma textura. Os brilhantes são utilizados para acentuar porções da cerâmica com cores profundas e brilhantes ou texturas diferentes, em um pedaço que já foi utilizado com esmalte não brilhante. Quando aquecido pela segunda vez o forno deve ser colocado em uma temperatura menor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível