Tipos de estratificação de gênero

Escrito por kelsi johnston | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de estratificação de gênero
Símbolos do masculino e do feminino (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As diferenças entre homens e mulheres têm sido disputadas inúmeras vezes ao longo dos anos, levando à crença de que, de alguma forma, um gênero é melhor do que o outro. As diferenças entre os sexos tal como definidas pela sociedade são conhecidas como estratificação de gênero. Esta estratificação pode ser definida como a maneira em que elementos sociais, como o poder e a riqueza, são distribuídos, muitas vezes de forma desigual entre os sexos.

Outras pessoas estão lendo

Emprego

Embora as mulheres tenham sido integradas à força de trabalho há um número significativo de anos, elas ainda são tradicionalmente posicionadas em empregos com salários mais baixos, que muitas vezes são chamados, em inglês, de posições “pink-collar” (colarinho rosa). Estas posições são simplesmente os empregos que se diz ajustarem-se melhor às mulheres, embora também os homens façam esse trabalho, como, por exemplo, empregos de secretários e outros trabalhadores de escritório. Esses trabalhos geralmente pagam menos do que outras categorias de empregos. O número de mulheres nestas posições vem caindo desde o início da década de 1990, mas uma estimativa de 44 por cento das mulheres ainda assumem esses papéis tradicionais.

Renda

As mulheres ganham, em média, cerca de 71 por cento do que os homens ganham. Devido ao aumento das oportunidades de emprego para as mulheres, o número aumentou significativamente desde 1980, quando a média era de apenas 59 por cento. Esta diferença de renda é devida, em grande parte, aos diferentes postos de trabalho ocupados por homens e mulheres. Jurisdições anteriores tentaram equilibrar esta diferença de renda transmitindo uma ideia de valor equiparável entre os trabalhos. Isso, no entanto, nem sempre foi eficaz, porque certos trabalhos são desvalorizados porque os cargos são ocupados por mulheres. Outra razão para esta diferença geral na renda é que muitas mulheres decidem assumir responsabilidades familiares em casa, portanto, não ganhando dinheiro no mercado de trabalho.

Educação

Em gerações passadas, as mulheres eram desencorajadas a receber educação superior porque tradicionalmente ficavam em casa para criar suas famílias. Recentemente, mais mulheres têm recebido diplomas e tornou-se comum para a mulher ser responsável pela metade de todas as graduações concluídas. Ainda mais recentemente, as mulheres têm crescentemente entrado em campos dominados pelos homens, como engenharia, ciência e medicina.

Família

A estratificação de gênero pode ser facilmente vista durante todo o desenvolvimento dos lugares das mulheres na família. Ao nascer, ambas pessoas do sexo feminino e masculino são geralmente empurradas a papéis tradicionais de gênero, criando a ideia de que existem grandes diferenças entre os sexos, desde o nascimento. Os meninos geralmente são incentivados a serem independentes e ativos, enquanto as meninas são encorajadas em suas emoções e passividade. Apesar do número crescente de mulheres que receberam educação superior e mantêm trabalhos mais prestigiados no mercado de trabalho, espera-se ainda muitas vezes que as mulheres administrem uma casa e eduquem os filhos também.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível