Tipos de exames toxicológicos usados em pré-admissão na área de saúde

Escrito por robbin mcclain | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de exames toxicológicos usados em pré-admissão na área de saúde
Os exames toxicológicos pré-admissionais podem ajudar a evitar atrasos, absenteísmo, roubos e violência (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Muitos empregados nas indústrias farmacêuticas e da área de saúde têm acesso a drogas. Consequentemente, 48% dos empregadores dessas áreas passaram a exigir uma triagem de drogas, ou exame toxicológico, pré-admissional a partir de 2011, nos Estados Unidos. Segundo uma pesquisa de 2007 do U.S. Department of Labor, 6% dos empregados em regime integral e de assistência social usaram drogas ilícitas nos 30 dias do período da entrevista de trabalho. Dependendo do tipo de ocupação, os empregadores podem optar por vários tipos de triagem para detecção de drogas. No Brasil, embora ainda considerados abusivos por alguns, os exames toxicológicos já são realizados por muitas empresas multinacionais.

Outras pessoas estão lendo

Visão geral

Nos Estados Unidos, os órgãos de saúde observam os procedimentos para exames toxicológicos estabelecidos pela Substance Abuse and Mental Health Services Administration, ou SAMHSA. Embora as empresas da área de saúde do setor privado americano tenham mais tolerância nos testes toxicológicos, muitas também observam as diretrizes da SAMHSA, que requer a certificação de cadeia de custódia, triagens inicial e confirmatória. Um médico especialista em abuso de substâncias revisa todos os resultados positivos para drogas de um funcionário em potencial, no que se refere a condições clínicas e prescrições, antes de relatá-los ao empregador.

Métodos

A maioria das empresas da área de saúde testa a urina dos candidatos a vagas para fazer a triagem de drogas ilícitas. Para os empregadores, a urinálise é a opção menos dispendiosa. A desvantagem é que alguns candidatos tentam burlar o exame tomando pílulas de desintoxicação ou ervas para diluir ou mascarar as drogas em seus sistemas orgânicos. Exames de sangue, coleta de saliva e análise respiratória podem mensurar a quantidade de álcool ou drogas no corpo, no momento do teste. Análises do cabelo podem indicar uso de droga em um período de tempo de 90 dias, mas não o uso presente. O suor, coletado por adesivo cutâneo, também pode ser testado para detecção de uso de álcool e drogas.

Tipos de drogas

As empresas da área de saúde têm a opção de testar para detecção de uma ampla variedade de drogas. O exame de triagem pré-admissional mais comum nos Estados Unidos é o Teste do Painel de 5 Drogas, que identifica anfetaminas, THC, ou seja, maconha, cocaína, opiáceos, como heroína, codeína ou morfina, e PCP (fenciclidina ou peniciclidina) ou pó de anjo. Muitos desses empregadores americanos também usam o Teste do Painel de 10 Drogas para que, além da triagem das cinco drogas padrão, detectar o uso excessivo de drogas de prescrição, como barbitúricos, benzodiazepínicos, metaqualona, metadona e propoxifeno. Dependendo do aceso dos empregadores em potencial às drogas, a empresa pode exigir um Teste Expandido para Opiáceos, a fim de determinar o abuso de analgésicos da hidrocodona, OxyContin e outros opiáceos sintéticos.

Resultados

Os exames toxicológicos pré-admissionais tendem a ser acurados, embora possa haver falso-positivos e falso-negativos. Fatores como peso, etnia e idade podem afetar os exames de urina. Os candidatos com teste positivo podem optar por refazê-lo, mas assumindo seus custos, e os laboratórios mantêm suas amostras para essa finalidade.Os resultados de um exame toxicológico permanece confidencial. Os candidatos a vagas na área de saúde devem conhecer seus direitos antes de assinar um formulário com informações confidenciais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível