×
Loading ...

Tipos de lagartas com listras pretas e brancas

Atualizado em 01 maio, 2018

Borboletas e mariposas passam por quatro estágios de desenvolvimento: ovo, larva, pupa (casulo) e adulto. Lagartas são as formas larvais das mariposas e borboletas. Frequentemente, as cores e arranjos mudam à medida que as larvas se tornam lagartas maduras. Muitos tipos têm listras brancas e pretas até o fim do estágio larval, incluindo a lagarta-da-azaleia (Datana major), a lagarta dobra-folhas (Fascista cercerisella), a borboleta-monarca (Danaus plexippus) e a mariposa espanhola (Xanthopastis timais).

A lagarta da borboleta-monarca tem listras amarelas, brancas e pretas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Lagarta-da-azaleia

Lagartas-da-azaleia recebem esse nome porque se alimentam quase exclusivamente dessa planta. Encontradas principalmente nos Estados Unidos, elas são consideradas pragas devido ao dano que causam às flores. Elas se alimentam em grupos e destroem a maioria das folhas da azaleia antes de serem detectadas. Essas lagartas, quando jovens, possuem coloração vermelha ou marrom-escura com listras amarelas e brancas. Quando amadurecem, elas se tornam pretas e apresentam oito listras quase brancas. A partir do tamanho inicial de 10 mm, elas podem crescer até 50 mm. As patas e cabeça são vermelho-mogno. Como mariposas, elas são marrom-claras e têm uma envergadura de asa de 45 milímetros.

Loading...

Lagarta dobra-folhas

Comumente encontradas no sul dos Estados Unidos, a lagarta dobra-folhas vive em plantas de olaia. Ela geralmente causa danos severos às plantas porque se alimenta da superfície adaxial das folhas que dobra e amarra com fios de seda. As lagartas dobra-folhas podem também unir uma folha a outra ou a superfícies próximas. Em casos extremos, a folha resseca, fica marrom e morre. Lagartas jovens são brancas, mas listras negras começam a aparecer conforme elas envelhecem. As larvas maduras têm aproximadamente 5 cm de comprimento e possuem listras brancas e pretas alternadas. Elas se desenvolvem em uma pequena mariposa que tem asas marrom-escuras com pequenos pontos brancos.

Borboleta-monarca

As lagartas da borboleta-monarca podem ser encontradas em todo o continente americano. Elas vivem exclusivamente em folhas de plantas do gênero Asclepias. No início de seu desenvolvimento, as lagartas monarcas têm, em média, 2 mm de comprimento e são brancas com algumas áreas amarelas. Em duas semanas, elas atingem um comprimento de 45 mm e têm listras brancas, pretas e amarelas. Após passarem 10 a 14 dias dentro de um casulo, se transformam nas borboletas-monarcas, cujas asas são laranja e possuem listras negras e pontos brancos ao longo do corpo. Durante o inverno, as borboletas que vivem em áreas frias migram para locais mais quentes, como México, Flórida, Cuba e sul da Califórnia.

Mariposa espanhola

As mariposas espanholas (Xanthopastis timais) podem ser localizadas no sudeste dos Estados Unidos (da Carolina do Norte e do Texas até a Flórida), no México e em grande parte do Brasil. Elas costumam ser vistas em uma variedade de plantas com flores vívidas, como os lírios, as íris e as amarílis. As lagartas da mariposa espanhola, que podem atingir um comprimento de 50 mm, são negras com listras brancas ou amarelo-claras. A cabeça, as patas e a extremidade posterior são laranja. Elas se alimentam por aproximadamente 17 dias antes de entrarem no estágio de pupa. Como adultas, as mariposas espanholas têm asas pretas e rosadas que possuem pintas laranjas ao redor das nervuras.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...