on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Tipos de lojas de varejo

Atualizado em 23 março, 2017

As lojas de varejo são lojas em que as mercadorias são compradas e vendidas ao público. Essas lojas podem vir em diversos formatos, vender uma série de tipos de produtos sob uma variedade de regras. Fatores que variam entre os diferentes tipos de estabelecimentos de varejo incluem localização, tipo de mercadoria vendida, e o método de vendas.

Existe inumeros tipos de lojas de varejo (grocery store image by robert mobley from Fotolia.com)

Loja "tradicional"

A loja "tradicional" é um estabelecimento de tijolo e argamassa em que os clientes frequentam e adquirem mercadoria. Esse tipo de loja oferece ao proprietário um número enorme de opções (desde quantas horas manter o funcionamento até como exibir os produtos) e responsabilidades.

Loading...
Loja tradicional (Siri Stafford/Digital Vision/Getty Images)

Franquias

A pessoa que possui uma franquia adquiriu os direitos de uso das marcas e métodos de negócio de uma empresa estabelecida. Um exemplo de uma loja de franquia é a Linens N' Things. O dono da loja terá que concordar em executar o negócio de uma maneira particular de acordo com os métodos de negócios corporativos e organização.

Franquia (Jupiterimages/Stockbyte/Getty Images)

Quiosques

Quiosques são pequenos estandes que muitas vezes oferecem bens descartáveis e ​​baratos, tais como publicações e salgadinhos. Geralmente localizados em áreas de alto tráfego, tais como ruas movimentadas, metrôs ou shoppings, essas lojas são como versões em miniatura de lojas tradicionais de tijolo e argamassa.

Quiosques (Maria Teijeiro/Digital Vision/Getty Images)

Lojas on-line

As lojas on-line não precisam oferecer um espaço físico para os clientes procurarem por mercadorias. Em vez disso, os consumidores examinam o inventário online e recebem as suas compras através do correio. Isso permite que as lojas façam negócios com clientes de todo o mundo, em vez de apenas com clientes locais. Por essa razão, muitas lojas tradicionais podem ter uma versão online também.

Comodidade das lojas on-line (Marili Forastieri/Photodisc/Getty Images)

Ordem de correio

Algumas lojas de varejo existem principalmente por meio de catálogos a partir do qual as pessoas encomendam bens. Hammacher Schlemmer, Land's End e o catálogo Spiegel, embora marcas conhecidas, ainda necessitam de uma localização física. Lojas de varejo que atendem encomendas estão sendo gradualmente incorporadas por empresas online.

Catálogos (Jupiterimages/Stockbyte/Getty Images)

Máquina automática de venda

Apesar de não utilizarem nenhum vendedor e não oferecerem nenhuma loja local dedicada a visitas de clientes, máquinas de venda automática são ainda uma espécie de loja de varejo automatizado. Em 1999, consumidores compraram mais de $ 20 bilhões em produtos em máquinas de venda automática. Máquinas de venda automática exigem pouco dinheiro para serem iniciadas, pouca sobrecarga e, se bem localizadas, um potencial para grandes lucros.

Máquinas de venda automáticas (Doug Menuez/Photodisc/Getty Images)

Lojas armazém

Lojas de armazém, tais como Costco e Sams Club, oferecem mercadorias vendidas a granel a preços que estão com preços mais próximos dos de atacado do que o que um consumidor pagaria em uma loja tradicional. Enquanto a decoração é monótona, os consumidores aparecem em massa em busca de descontos.

Lojas de armazém (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Lojas de produtos usados

Lojas de bens usados​​, ou lojas de segunda mão, vendem produtos que foram usados ​​anteriormente. Algumas lojas compram itens em consignação, em que o proprietário original recebe uma pequena quantia de dinheiro se os bens são vendidos ou, no caso de lojas de penhor, na forma de um empréstimo de dinheiro.

Lojas de produtos usados (Chad Baker/Jason Reed/Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...