Tipos de luta encenada para teatro

Escrito por david stewart | Traduzido por bruno souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de luta encenada para teatro
A luta encenada deve manter tanto o realismo quanto à segurança dos atores (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Entretenimento é um negócio sério. Para atrair o público de maneira eficaz e garantir o sucesso do show, artistas de teatro esforçam-se para adicionar o máximo de realismo às suas performances. Às vezes, o desempenho exige desses profissionais cenas de violência ou brigas no palco. É preciso que a ação mantenha o realismo, garantindo também a segurança dos artistas. É aqui, portanto, que a luta encenada faz a diferença.

Outras pessoas estão lendo

Características da lua encenada

O combate encenado refere-se à performance artística violenta. É uma área especializada da coreografia que trabalha para garantir uma cena de luta realista, mantendo a segurança dos atores. Um diretor de luta é o responsável pelas técnicas de combate de palco usadas em uma apresentação teatral. Ele trabalha com o diretor da peça para garantir que as cenas de luta estejam de acordo com a concepção artística desse profissional. O diretor de luta geralmente tem em seu currículo um bom conhecimento de artes marciais.

Técnicas de luta encenada

As técnicas de combate encenado são usadas ​​em várias ações violentas no palco, que podem simular desde uma luta armada -- ou sem armas -- em uma passagem de um clássico de Shakespeare, por exemplo, ou uma briga mais atual, envolvendo gangues de rua. Seja qual for a necessidade, o objetivo da luta encenada é criar uma ilusão de violência por meio do uso de métodos que sejam seguros para os atores. Essas técnicas são baseadas em combates reais, sendo extremamente bem desenvolvidas e ensaiadas.

Luta encenada sem armas

Um combate desarmado inclui brigas envolvendo tapas, socos e estrangulamento ilusórios. O que faz essa técnica tão especial é a sua capacidade de criar a ilusão de um tapa que, de fato, não faça contato com o rosto da vítima. A pessoa que desfere a bofetada e quem a recebe ficam em pé, a uma distância aproximada de um braço e meio uma da outra. O agressor faz um movimento de tapa, passado próximo ao rosto da vítima, mas sem fazer contato. Ao mesmo tempo, a vítima produz um som de palmas com as mãos -- que devem permanecer no nível da cintura, escondidas do público. Para uma cena de estrangulamento eficaz, o agressor coloca as mãos na clavícula da vítima e ela segura o pulso do seu algoz, mantendo-o em sua posição original. O restante depende das expressões faciais do agressor e de sua vítima.

Luta encenada com armas

Uma cena de violência que inclua armas pode envolver brigas com espadas, ou outros objetos semelhantes, e esfaqueamento. As situações de ataque e defesa que envolvem espadas costumam ser modificadas no palco para assegurar a segurança dos atores. Uma regra básica é nunca manter arma em frente ao rosto do adversário. Vários movimentos devem passar ao lado do corpo do oponente, ou ainda parar antes do suposto alvo do ataque. Uma interpretação de esfaqueamento realista exige que o agressor coloque a mão no ombro da vítima, atacando-a com uma faca pelo outro flanco do corpo em direção ao estômago. A vítima se curva, então, sobre a mão do algoz, simulando o impacto da facada para o público. Depois, o ator deve agir como se ele tivesse sido ferido severamente pela arma do agressor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível