Tipos de madeira que podem ser colocados em um aquário de água doce

Escrito por charmaine jens | Traduzido por lu ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de madeira que podem ser colocados em um aquário de água doce
Manutenção de aquários é um dos passatempos mais populares em todo o mundo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A beleza dos aquários tropicais de água doce pode ser incrementada através de objetos de decoração, como a madeira. Os mais populares tipos de madeira utilizados em aquários de água doce são pequenos pedaços de troncos, cascalhos e madeira Mopani. Esses materiais podem ser comprados em uma loja de animais ou loja de aquários. Todos os tipos de madeira têm de ser preparados para serem utilizados para imersão para reduzir a libertação de taninos na água. Taninos são os produtos químicos que ocorrem naturalmente na madeira quando imersa em água.

Outras pessoas estão lendo

Carvalho do pântano

O carvalho do pântano é o tipo de madeira que foi criada em um pântano, em condições anaeróbias e preservada por centenas de milhares de anos. Ela tem uma longa vida útil e proporciona abrigo para pequenos peixes e outros organismos aquáticos. O carvalho do pântano é altamente benéfico em aquários de água doce, pois é menos provável que ele apodrecerá ou contaminará a água com parasitas. No entanto, ela deve ser preparada para ser submersa antes de ser colocada no aquário ou poderá afetar os níveis de pH da água e torná-la ácida.

Troncos flutuantes

Os troncos flutuantes são madeiras comuns coletadas de rios, lagos e oceano. Embora troncos flutuantes possam ser utilizados em aquários de água doce, eles não são tão utilizados quanto outros tipos, pois tendem a apodrecerem e afetar negativamente a alcalinidade da água. Não colete a madeira você mesmo. Troncos flutuantes são vendidos em lojas de animais e foram preparados e encharcados para remover bactérias e fungos. Não use troncos encontrados no oceano em um aquário de água doce. Assegure que a madeira seja própria para aquário e não se destina especificamente para o uso de répteis.

Madeira Mopani

A madeira Mopani é uma madeira exótica retirada da árvore mopane, na África. É uma das madeiras mais duras e mais densas disponíveis, e normalmente vem em uma cor marrom chocolate, clara ou amarelo areia, com texturas interessantes e formas retorcidas. A madeira, quando preparada para ser utilizada para imersão, passa por um processo de lixamento, portanto, tem uma superfície lisa. A madeira Mopani pode filtrar fluídos de taninos por semanas ou até um ano, com o primeiro mês sendo o pior. Isto pode ser aliviado através da realização de trocas de água semanais.

Vantagens

A utilização da madeira em um aquário de água doce fornece peixes e outras criaturas pequenas um lugar para se esconder de peixes agressivos. Algumas espécies de peixes se reproduzem ou colocam ovos perto de madeira. Os peixes podem comer a madeira e as algas que crescem naturalmente sobre ela, permitindo que eles exibam comportamentos instintivos, enquanto fazem proveito de uma dieta saudável e natural. A madeira também proporciona uma área de criação de bactérias benéficas, que resultam na remoção de nitritos e de amoníaco nocivos do aquário.

Desvantagens

Independentemente de qual tipo de madeira você escolher para usar no aquário de água doce, ela irá liberar taninos por um período de tempo, exigindo mudanças frequentes da água do aquário. Pode ser difícil pegar os peixes, pois eles usarão a madeira para se esconderem. Restos de alimentos e resíduos de peixes podem ficar presos em fendas ou rachaduras na madeira. A limpeza do aquário pode se tornar um desafio. Para limpar corretamente o tanque, você pode precisar remover a madeira e usar um aspirador para sucção sob o cascalho.

Preparando-se para o uso

Todos os tipos de madeira devem estar preparados para uso antes de serem colocados no aquário, para que os taninos não sejam liberados. Apesar de taninos não serem prejudiciais para os peixes, eles irão infectar a água, tornando-a marrom e turva. Mergulhe a madeira em um balde de água fervente durante uma hora. A água quente irá expandir a madeira e liberar os taninos prejudiciais. Esvazie o balde quando a água torna-se turva. Encher o balde com água fervente e repita até que a água fique clara. Encha o balde com água quente e deixe descansar por cinco a sete dias, em seguida, troque a água novamente. Repita o processo de um a dois meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível