Conhecimento

Tipos de medicamentos para fungos

Escrito por alexis writing | Traduzido por luigi bahia
Tipos de medicamentos para fungos

O alho é um antifúngico tão poderoso quanto remédios industriais em alguns casos

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

O corpo humano pode ser atacado por diferentes tipos de fungos, como a Candida e leveduras, responsáveis por tanto infecções fúngicas vaginais quanto pé de atleta. Terapias antifúngicas para vários tipos de fungos geralmente envolvem programas de dieta antifúngica, medicamentos antifúngicos e suplementação de probióticos. Vários tipos de medicamentos estão disponíveis para tratar fungos, inclusive medicamentos naturais.

Outras pessoas estão lendo

Nistatina

A Nistatina foi um dos primeiros medicamentos antifúngicos desenvolvidos e é talvez o mais frequentemente utilizado para o tratamento de problemas com a flora intestinal. De acordo com o site Environmental Illness Resource, a Nistatina é muito segura porque nossos intestinos não absorvem muito da substância. Alguns efeitos colaterais leves podem ocorrer, geralmente afetando o sistema digestivo. Em alguns casos, erupções na pele podem surgir por uma reação alérgica. A Nistatina pode vir sob a forma de um comprimido, suspensão oral líquida ou em pó. Intervalos de dosagem típicos variam de um comprimido a 1/8 de colher de chá de Nistatina em pó quatro vezes ao dia até oito comprimidos ou uma colher de chá de pó quatro vezes ao dia. De acordo com o Environmental Illness Resource, a vantagem principal do medicamento é que custa menos do que a maioria dos tipos de medicamentos antifúngicos. Porque é barata e eficaz, a Nistatina é geralmente a primeira escolha entre médicos e pacientes.

Diflucan (fluconazol)

O Diflucan, um tipo de fármaco antifúngico sistêmico, é absorvido pelos intestinos. Comparado com a Nistatina, o Diflucan é um medicamento mais moderno. Foi usado pela primeira vez durante a década de 80 na Europa e foi licenciado nos EUA quase uma década mais tarde. O Environmental Illness Resource afirma que o Diflucan pode ser uma droga antifúngica eficaz, especialmente em casos onde a Nistatina falhar. Ele é considerado muito seguro, apesar de sua ação sistêmica. Sua dosagem varia de 100 a 600 mg por dia, com períodos de tratamento de algumas semanas a vários meses ou, para alguns, por tempo indeterminado.

Berberina e alho

A berberina é um tipo de alcaloide que se encontra em uma erva chamada Berberis vulgaris. Ela está relacionada com outras ervas e plantas, tais como a raiz de uva Oregon e o hidraste. A medicina chinesa e ayurvédica tradicional empregaram a berberina durante séculos para tratar fungo. O Environmental Illness Resource afirma que a erva promove atividade antifúngica e é muito eficaz na eliminação de certos tipos de bactérias. Além disso, a berberina não afeta as bactérias benéficas tais como espécies de lactobacilos necessárias no trato digestivo e intestinal, e tem propriedades antidiarreicas. O alho possui compostos sulfurosos que têm poderosas propriedades antifúngicas. De acordo com o Environmental Illness Resource, o alho pode ser tão eficaz quanto a Nistatina no tratamento de Candida albicans.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media