Tipos de óleos compressores

Escrito por brenda priddy | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de óleos compressores
Há muitos tipos de óleos compressores (antique oil can image by studio vision1 from Fotolia.com)

Há muitos tipos de óleos compressores. Eles são tipicamente classificados por sua viscosidade cinemática, ou escalas, com uma identificação numérica para cada tipo. Isso é relacionado à espessura ou viscosidade do óleo. Algumas das viscosidades mais populares dos óleos compressores são 32, 46, 68, 122, 220 e 264. Esses óleos também podem ser classificados em grupos pelo tipo de maquinaria nos quais eles são usados. Cada tipo de óleo tem um atributo específico que o torna um componente desejável para a lubrificação de cada tipo de equipamento.

Outras pessoas estão lendo

Compressores para hélices

Esse tipo de compressor usa óleos de escala 32 e 46. Essa é considerada uma escala normal: tem o nível de viscosidade que a maioria dos outros tipos de óleo também tem. Compressores de hélices não costumam ter engrenagens de sincronismo e geralmente usam inundação de lubrificação para a aplicação do óleo. Por essa razão, não há tipos especiais de óleo exigidos para esse tipo de compressor.

Compressores de rotação

Compressores de rotação usam óleos de escala 122 e 264. Os números mais altos de óleo significam que ele é mais espesso, viscoso e frio que outros tipos de óleo. Essa escala maior de óleo é usada devido às temperaturas ambiente mais altas das partes rotativas do compressor. Os óleos 122 e 264 proporcionam lubrificação e resfriamento suficientes para uso em máquinas de alta temperatura.

Compressores de palhetas deslizantes

Os compressores de ventoinhas deslizantes usam um óleo de escala 46 ou maior. Esses compressores usam os métodos de injeção e inundação para lubrificar o equipamento. Isso significa que óleos mais leves podem ser usados sem causar nenhum problema à maquinaria. Porém, se o equipamento usar o método de "passagem única" para lubrificação, que aumenta a pressão e exigências do óleo, isso significa que escalas maiores precisarão ser usadas, tais como a 122 e a 264.

Compressores de centrífugas

Os compressores de centrífuga geralmente usam lubrificação apenas para os rolamentos. Se a unidade for exposta a certos gases, pode ser necessário usar óleos feitos especificamente para este propósito. Os gases podem causar problemas no maquinário, que é o motivo pelo qual é necessária uma lubrificação maior. Desse modo, quando o equipamento atingir altas temperaturas, será necessário usar óleos sintéticos ou de escalas maiores, como 220 ou 264.

Compressores de pistão

Compressores de pistão geralmente funcionam melhor com óleos de escala 122, 68 e 220. Isso é devido aos níveis de movimentos alternados do cilindro do compressor, que pode alcançar altas temperaturas e está em movimento constante. Os óleos mais pesados proporcionam uma barreta suficiente entre as partes em movimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível