Tipos de revoluções

Escrito por tom lutzenberger | Traduzido por débora faggioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de revoluções
A república da França foi criada por uma violenta revolução (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As revoluções materializam-se sob diferentes formas e maneiras nas comunidades. Uma revolução pode envolver uma mudança cultural monumental na arte e design ou uma mudança política extinguindo velhas instituições. Uma revolução pode ser pacífica ou violenta. Quaisquer que sejam as circunstâncias, o que define uma revolução é uma mudança significativa que reescreve as regras de como as pessoas se comportam fundamentalmente em uma sociedade.

Outras pessoas estão lendo

Revolução violenta e militante

O tipo de revolução mais familiar para as pessoas, graças à regularidade das notícias diárias, são as revoluções violentas nas quais um grupo de pessoas se levanta e violentamente assume o controle de uma área, uma cidade ou um país. O governo existente é derrubado e os líderes saem do cenário ou acabam presos ou mortos no processo. As revoluções violentas mais famosos do século 20 incluem a revolução comunista na Rússia e a revolução chinesa. Muitos desses casos envolvem guerra civil resultando em um número significativo de cidadãos mortos.

Revolução religiosa

Semelhante a uma revolução violenta, uma revolução religiosa pode resultar em muita revolta. No entanto, em vez de questões seculares, a revolução religiosa se origina de uma posição espiritual ou reformista. Muitas vezes, os instigadores das revoluções religiosas usam-na para promover seus objetivos materiais, mas a maior motivação para as mudanças sempre estão focadas na religião. A revolução islâmica no Irã, em 1979, foi uma dessas revoluções, após o país inteiro ter sido reformado sob um código religioso de comportamento. Em muitos exemplos reais, revoluções religiosas tendem a ser ditatoriais, utilizando meios opressivos para impor um comportamento desejado da população.

Revolução política

Uma revolução política não envolve violência necessariamente. Nos tempos modernos, muitas revoluções políticas realmente utilizam meios pacíficos e sistemas políticos existentes para afirmar uma mudança fundamental. Tanto Mahatma Ghandi na Índia e o Tea Party americano usaram os meios de comunicação como protestos e os números para forçar uma mudança nos sistemas políticos existentes. Embora essas mudanças não tenham sempre caráter permanente, resultam em transformações fundamentais na forma das pessoas se comportarem. Claramente, o Tea Party impactou a forma de os políticos conservadores agora buscarem apoio. Gandhi liderou um movimento na Índia que a tornou um estado livre e independente no final dos anos 40.

Revolução industrial

Uma revolução industrial segue o mesmo princípio que outra revoluções instituindo uma mudança fundamental que afeta o modo como se negocia. Várias revoluções industriais ocorreram nos séculos 19 e 20, transformando a forma como as empresas operam, produzem e entregam seus bens e serviços. Exemplos famosos de revoluções industriais incluem a invenção e o uso em massa de veículos de combustível, computadores, energia reciclável e aviões. Cada vez que um destes catalisadores se instala, cria-se o potencial de redefinir a forma como a indústria opera e produz.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível