Mais
×

Tipos de terapias hormonais para transgêneros

Atualizado em 17 abril, 2017

A terapia hormonal para homens trans (aqueles que fizeram ou estão fazendo a transição para homens) e mulheres trans (aquelas que fizeram ou estão fazendo a transição para mulheres) envolve tomar testosterona ou estrogênio. Essas terapias hormonais diferem dependendo dos grupos e os efeitos em cada indivíduo varia, mas geralmente os resultados serão os mesmos.

Há várias formas de aplicação dos hormônios, inclusive através de injeção (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Testosterona para homens trans (FTM - feminino para masculino)

A testosterona (frequentemente chamada de "T" na comunidade trans) é mais popularmente injetada no músculo com uma seringa, embora existam outros métodos de administrá-la, como grânulos debaixo da pele, pílulas ou géis e cremes aplicados na pele. A testosterona precisará ser administrada em intervalos regulares a vida inteira porque o corpo não começará a produzi-la por conta própria.

Efeitos da testosterona

A testosterona interromperá o ciclo menstrual, aumentará o crescimento de pelos no corpo, engrossará a voz, ampliará o clitóris, redistribuirá a gordura corporal dos quadris e nádegas para a barriga, aumentará a musculatura, tornará a pele mais áspera, aumentará a libido e a oleosidade da pele, o que pode gerar acne.

Estrogênio para mulheres trans (MTF - masculino para feminino)

O estrogênio pode ser tomado através de injeções intramusculares, pílulas ou géis para pele. Houve algumas complicações com desenvolvimento de coágulos sanguíneos em mulheres trans que tomaram injeções intramusculares e pílulas orais, então as mulheres trans com mais de 40 anos geralmente são aconselhadas a usaram o estrogênio na forma de gel, também conhecido como aplicação transdérmica.

As mulheres trans também tomam frequentemente antiandrógenos, que bloqueiam os hormônios masculinos produzidos naturalmente pelo corpo. Os níveis hormonais tanto para estrogênio quanto para antiandrógenos variam de acordo com a pessoa e devem ser monitorado por um médico.

Efeitos da terapia hormonal de estrogênio e antiandrógenos

Após tomar estrogênio e antiandrógenos, uma mulher trans perceberá os seguinte efeitos: pele mais macia, redistribuição e aumento da gordura corporal, encolhimento do pênis, diminuição da massa muscular e perda da capacidade de provocar ou manter uma ereção. Depois de tomar esses hormônios por um ano ou mais, o crescimento do pelos no corpo será mais lento e os seios podem crescer ligeiramente. A disposição masculina para calvície também diminuirá. Qualquer crescimento nos seios que ocorra será permanente, mesmo se a mulher parar de tomar estrogênio e antiandrógenos.

O que o estrogênio e a testosterona não farão

A testosterona geralmente não fará uma pessoa crescer (embora isso tenha sido relatado em alguns poucos indivíduos FTM menores de 25 anos). Ela também não fará os seios desaparecem nem criarão um pênis. Muitos homens trans escolhem a "cirurgia top", que é a remoção dos seios seguida por uma reconstrução do peito. Menos frequentemente, os homens trans escolhem fazer uma faloplastia para criar um pênis cirurgicamente.

O estrogênio não fará a voz de uma mulher trans mudar para um som mais agudo nem causará outras mudanças permanentes nas estruturas corporais, como a altura ou tamanho dos ossos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article