Tipos de trastes em guitarras

Escrito por tony oldhand | Traduzido por allisson ester de paiva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de trastes em guitarras
Trastes estão disponíveis em vários tamanhos (acoustic guitar image by Tanya McConnell from Fotolia.com)

Trastes são os fios dourados que estão ao longo do espelho. O fio dos trastes varia em tamanho, de acordo com o que foi especificado pelo designer da guitarra. Além disso, um guitarrista pode preferir um tamanho em vez de outro e ter trastes customizados instalados por um luthier. Um luthier é um fabricante e reparador de guitarras. Mudar o tamanho dos trastes altera também a ação da guitarra, ou sua tocabilidade.

Outras pessoas estão lendo

Tamanho dos trastes definido

De acordo com o luthier Paul Hostetter, os trastes são dimensionados de acordo com a largura e o tamanho da coroa. A coroa é a parte visível do traste. A largura representa o quão largo o traste é. A altura, o quão alto o traste está a partir do espelho. Todas as guitarras têm exigências diferentes de altura e largura, variando conforme a especificação do designer.

Trastes largos

Trastes largos, também chamados de jumbo, foram usados em muitas guitarras Gibson a partir dos anos 50 e, até hoje, em muitas guitarras para rock. Esse traste é muito alto. Um traste alto requer menos pressão dos dedos por parte do guitarrista. A pressão dos dedos é chamada de "ação" ou a ação da guitarra. Uma guitarra com trastes mais baixos tem ação pesada, e uma guitarra com trastes altos tem ação suave. A ação é uma preferência pessoal do guitarrista, e um luthier consegue instalar trastes para controlar a ação.

Trastes médios

Trastes médios são instalados em muitas guitarras Fender e Martin. Algumas Gibson usam trastes médios também. Esses trastes fornecem uma ação mais pesada, porém, sustentam mais a nota. O famoso luthier Dan Erlewine usa trastes com largura de 0.23 cm e altura de 0.12 cm.

Trastes finos

Os trastes finos são usados nos primeiros violões feitos antes da Segunda Guerra Mundial, saltérios e banjos. Eles são fios para trastes vintage. A ação de um traste fino e baixo é muito pesada. O guitarrista terá que pressionar de modo bem firme para conseguir uma nota verdadeira. Por essa razão, trastes finos não são usados em muitas guitarras modernas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível