Educação e ciência

Tipos de túmulos egípcios

Escrito por carmen paduraru | Traduzido por danilo nunes
Tipos de túmulos egípcios

Tumbas egípcias têm evoluído no tempo das covas às pirâmides

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

As tumbas do antigo Egito, com mais de 3.000 anos, assim como as ferramentas, se tornaram mais eficientes, e novas estratégias de arquitetura foram descobertas e implementadas. Dependendo do status da pessoa na hierarquia social, os túmulos poderiam assumir diferentes formas, de simples fossas até imensas pirâmides. As técnicas de construção e o estilo arquitetônico das Pirâmides de Gizé tornam-nas exemplos de resistência humana e, ainda mais, um símbolo do deus egípcio da morte Osíris.

Outras pessoas estão lendo

Sepulturas-fossa

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Simples buracos no solo eram utilizados para o enterro dos egípcios de classe baixa. Eles geralmente eram colocados ao redor do túmulo de membros da monarquia ou realeza. Por serem cobertos com areia, os corpos dos mortos se secavam com o sol quente, o que os preservava por um longo tempo e poderia ter dado aos egípcios a ideia de mumificação artificial. Mais tarde, as sepulturas simples foram aperfeiçoadas com paredes de tijolos e telhados, e câmaras menores foram adicionadas, contendo mercadorias como cerâmica, joias ou alimentos para a vida após a morte.

Mastabas

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Mastabas, que significa "bancos", foram as primeira estruturas fúnebres construídas acima do solo para os nobres. Esse tipo de túmulo consistia em uma câmara subterrânea e uma capela retangular acima do solo utilizada para ofertas e reuniões de família para adorar os mortos. Elas eram construídas de tijolos de barro e foram decorados com cenas da vida diária. A câmara subterrânea para enterros nobres continha um caixão de madeira com o corpo morto colocado em uma posição contraída e uma refeição. O caixão era cercado por diversos objetos, como móveis e ferramentas.

Tumbas cortadas na rocha

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

As tumbas cortadas na rocha estão localizados no Vale dos Reis, um vale deserto na margem oeste de Tebas. A única maneira de chegar aos 62 túmulos do faraó era um caminho estreito, pois a localização era considerada mais segura e difícil de ser alcançada por ladrões de túmulos. As tumbas eram "ramificadas" fora do caminho principal em salas funerárias diferentes, esculpidas próximas umas das outras. Suas paredes eram decoradas, e cada sarcófago do rei ou rainha era cercado por tesouros e objetos de grande valor.

Pirâmides

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

As primeiras pirâmides datam de cerca de 2.700 aC, durante o período do Império Antigo. As primeiras formas, as pirâmides em degraus, foram construídas para abrigar o corpo real, bens, tesouros, mobília, passagens secretas e câmaras, e até mesmo armadilhas imprevisíveis para potenciais ladrões. Essas pirâmides em degraus foram a inspiração para as pirâmides verdadeiras, sendo as mais famosas delas as de Gizé, cujas linhas limpas e superfícies lisas ainda podem ser vistas hoje. A pirâmide de Quéops tem 137 m de altura, sendo considerada o maior edifício já construído em um único bloco. Juntamente com as outras pirâmides menores de Gizé, ela representa a única das sete maravilhas do mundo antigo que permanece de pé.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media