Tipos de vinhos tintos italianos para sobremesa

Escrito por crystal vogt | Traduzido por andressa v. da nobrega
Tipos de vinhos tintos italianos para sobremesa
Os vinhos tintos para sobremesa geralmente combinam bem com frutas frescas (Comstock/Comstock/Getty Images)

"Vino" é a palavra italiana e espanhola para "vinho". A Itália produz vários tipos de vinhos, que incluem o tinto, o branco, espumante e de sobremesa. Dependendo do tipo, os vinhos de sobremesa são feitos com uvas brancas ou roxas, e podem vir em cores que incluem cor de mel, âmbar, branco ou cor de vinho. Os vinhos tintos italianos para sobremesa tendem a ser doces e são geralmente consumidos em pequenas quantidades, como aperitivo antes do jantar, ou como acompanhamento para a sobremesa após a refeição.

Malvasia

Existem dois tipos de vinho Malvasia: o Malvasia Bianca e o Malvasia Nera, feitos com a uva bianca ou nera, respectivamente. As uvas malvasia nera são usadas para produzir um vinho tinto doce de sobremesa. O processo consiste em primeiro desidratar completamente as uvas, e, em seguida, amassá-las, para que o açúcar tenha a chance de se concentrar à medida que a água de cada uva evapora. O Malvasia tem o sabor de peras e condimentos, fresco, doce e frutado. A uva é comumente cultivada por toda a Itália e em outras partes do mundo.

Recioto

O Recioto, também conhecido como Recioto della Valpolicella, é um vinho tinto de sobremesa tradicional feito na região de Veneza, usando uma mistura das uvas Corvina Veronese, Rondinella e Molinara grapes. A família dos vinhos Valpolicella inclui diferentes cores e sabores, mas o Recioto faz parte da sua subseção de vinhos de sobremesa. Trata-se de um vinho tinto encorpado, aveludado, com aromas de chocolate, baunilha, violeta e fruta madura. O Recioto della Valpolicella não deve ser envelhecido por mais do que três anos.

Aleatico

O Aleatico é um vinho tinto de sobremesa produzido principalmente no sul da Itália, incluindo as regiões de Apulia, Península de Salento, Elba e Lazio. Suas origens e parentesco são desconhecidas, mas, de acordo com o site culinário Alta Cucina Inc., a maioria das pessoas concorda que o Aleatico vem da família de uvas Muscat. Ele tem aromas da rosa, lichia e de frutas vermelhas, e combina melhor com tortas de frutas, para realçar seus sabores.

Brachetto d'Acqui

O Brachetto d'Acqui vem da área de Acqui, em Piemonte, na Itália. Esse vinho tinto doce para sobremesa é feito com uvas Brachetto, e é levemente espumante, com pouco teor de álcool. O Brachetto d'Acqui é um vinho meio-encorpado e tem toques de amora negra, cereja preta, alcatrão, alho, violetas e orquídeas. É diferente da maioria dos vinhos de sobremesa italianos porque não é muito doce, possuindo apenas traços de doçura. O vinho combina bem com frutas, chocolate ou cheesecake.