×
Loading ...

Como tocar violoncelo tendo a mão esquerda como dominante

Atualizado em 17 abril, 2017

O violoncelo é projetado de maneira que o arco possa ser conduzido tanto pela mão esquerda como pela direita. O manejo do arco envolve métodos, como "at the frog", "Loure" e "spiccato". Tradicionalmente, a mão direita deve segurar o arco, enquanto a esquerda manipula as cordas. A menos que você pretenda tocar apenas por hobby, não há vantagem alguma em tocar violoncelo com a mão esquerda. De fato, um violoncelista canhoto tem vantagens quando uma performance exige maior destreza com os dedilhados do que com o arco. O violoncelista canhoto utiliza a mão dominante para executar dedilhados complexos, ao passo que o destro, utiliza para essa finalidade a sua mão fraca (esquerda).

Performances tradicionais exigem que o violoncelista execute notas dedilhadas com a mão esquerda (Comstock/Comstock/Getty Images)

Questões sobre o manejo do arco com a mão esquerda

Para um músico canhoto, segurar o arco com a mão esquerda e dedilhar as cordas com a direita é a maneira adequada de tocar violoncelo. Contudo, tocá-lo à maneira tradicional, ou seja, utilizando a mão esquerda para os dedilhados e a direita para manejar o arco, proporciona melhores oportunidades de trabalho. Violoncelistas canhotos interrompem a uniformidade na execução das orquestras, aumentando a probabilidade de que seu companheiro encoste nele acidentalmente enquanto estiver tocando, o que causa ao público um efeito esteticamente desagradável. Além disso, se um em cada oito violoncelistas de uma orquestra manejarem seus arcos na direção oposta em relação aos demais, a impressão transmitida é a de que estão incorretos. Por esta razão, é interessante aprender a segurar o arco com a mão direita e a dedilhar as notas com a esquerda.

Loading...

Segurando o arco

A maneira correta de segurar o arco é a mesma, independentemente de qual seja a mão dominante do músico que o segura. Para alcançar o equilíbrio adequado, o arco deve ser mantido na empunhadura de plástico, com o polegar por baixo dela e o dedo indicador em sua parte superior. Equilibre o arco entre os dois dedos, e caso você ainda não tenha total controle sobre ele, continue praticando até conseguir equilibrá-lo adequadamente. Quando tiver atingido esse objetivo, enrole o dedo do meio, o anelar e o dedo mínimo ao redor da extremidade do arco. Use esses dedos apenas para apoiar levemente, pois o arco deve ser equilibrado entre o indicador e o dedo médio.

Posições das mãos

Violoncelistas canhotos que desejam usar a mão esquerda para segurar o arco terão que usar a mão direita para dedilhar as cordas. Considerando-se que o violoncelo é simétrico, os dedo da mão esquerda, devem ser tão habilidosos quanto os dedo da mão direita. Se você for canhoto, desenvolver a autonomia de sua mão direita é crucial para tocar violoncelo com a mão esquerda. Para isso, é necessário praticar escalas e arpejos, usando os dedos e as respectivas posições adequadas. Cada escala utiliza uma combinação um pouco diferente em termos de posicionamento dos dedos, por isso, siga as recomendações de manejo para cada um. Os dedilhados permanecerão os mesmos, independentemente de você tocar com a mão esquerda ou com a direita.

Posições para tocar violoncelo

Ao tocar violoncelo, o canhoto pode recorrer a três possíveis posições para as mãos: inclinados, quadrados e com rotação de mão. Em posição inclinada, o violoncelista vai tocar as cordas de modo a formar um pequeno ângulo. Isso cria menos tensão durante a performance, o que é importante pelo fato de ele não ser obrigado a manter os dedos em um rigoroso ângulo de 90 graus. Na posição quadrada, ele faz um ângulo de 90 graus dos dedos em relação às cordas. Esta técnica produz uma entonação mais consistente, pois os dedos mantêm uma posição semelhante em toda a música. A posição derradeira é a de rotação, em que a mão é posiciona da maneira mais confortável possível para cada nota dada. Por exemplo, a mão pode permanecer entre uma posição inclinada e um ângulo de 90 graus para atingir notas difíceis de serem alcançadas pelos dedos.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...