Toner vs. tinta

Escrito por gigi starr | Traduzido por lucas de barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Toner vs. tinta
Qual a melhor impressora para você, a laser ou a jato de tinta? (2007 liewcf / Creative Commons)

A escolha da melhor impressora, seja a laser ou a jato de tinta, depende da frequência com que você a usa e do seu orçamento. Cada uma tem vantagens e desvantagens. No entanto, as impressoras a jato tinta estão avançando, no mundo da medicina.

Outras pessoas estão lendo

Diferenças

Uma grande diferença entre as duas é o suprimento que ambas utilizam. Os toners são usados ​​em copiadoras e impressoras a laser, enquanto que a tinta é usado em impressoras a jato. Além disso, o toner é uma tinta em pó (grânulos de pigmentos orgânicos com polímeros), enquanto que a tinta é líquida. Ambos são vendidos em cartuchos, que podem ser recarregados, economizando dinheiro. O toner é geralmente mais caro do que a tinta, mas dura mais tempo e imprime mais páginas. A tinta é mais limpa para trabalhar, mas podem entupir, borrar e provocar manchas, se o cabeçote de impressão estiver sujo.

Do que é feito o toner?

O toner é feito de um pó-base muito fino, que contém diferentes polímeros, dependendo em qual produto ele é utilizado. O pó de alta qualidade é muito fino, enquanto os de menor qualidade podem ser mais granulados. De acordo com Gareth Evens, pesquisador associado no MadSci, "o toner para fotocopiadoras a cores é composto por um pigmento, corantes orgânicos geralmente sólidos e um aditivo polimérico, por exemplo, um poliéster ou o estireno acrilato. O objetivo do aditivo é manter o pigmento no lugar, na imagem final. Ele também fornece brilho para as áreas da imagem". As impressões em preto e branco são feitas a partir de uma base de carbono.

De onde vem o cartucho de jato de tinta?

Os cartuchos de jato de tinta surgiram da maior demanda por impressões mais rápidas. Por volta de 1984, a primeira impressora a jato de tinta saiu no mercado. A impressão por simples comando mudou a indústria da impressão. As pessoas não precisavam mais parar para arrumar a máquina de escrever e as fitas impressoras matriciais, nem recarregar manualmente os cartuchos de toner (um processo que pode ser confuso e perigoso). As impressoras a jato de tinta entraram com tudo no mercado doméstico em 1990, mas continuam em cena, porque elas são muito menores e mais baratas do que as impressoras a laser.

Como a impressão a jato de tinta pode ajudar a ciência

Os médicos em Manchester, Reino Unido têm desenvolvido uma grande impressora que pode imprimir células para um enxerto de pele que, então, pode ser aplicado em vítimas de queimaduras e pacientes operados. A impressora é muito grande e a tinta tem uma fórmula especial. Pacientes em recuperação do quadril, no Manchester Royal Infirmary, faziam parte do estudo, no qual "as células são colocadas em uma tinta líquida especial de impressora e artificialmente multiplicadas. Então, a impressora imprime as células em uma superfície de plástico, que funciona como uma armação para suporta-las". O professor Brian Derby espera que a nova tecnologia possa revolucionar o tratamento e a recuperação de pacientes com grandes traumas.

Qual é a escolha certa para mim?

Isso depende das suas necessidades. Para alta produção e nitidez de imagem, impressoras a laser são a melhor escolha. No entanto, elas são muito caras, complicadas e muitas vezes ocupam uma grande quantidade de espaço. O toner tem um custo significativo, além ser confuso de lidar durante as mudanças de cartuchos.

Para o usuário doméstico, uma boa impressora a jato de tinta é, provavelmente, a melhor aposta. Há cartuchos de tinta disponíveis para todos os tipos de projetos, inclusive fotográficos e de artes. As impressoras a jato de tinta são leves, pequenas e muitas vezes de baixo custo. No entanto, elas podem levar algum tempo para imprimir uma imagem corretamente e há sempre o perigo de borrar a impressão que não secou completamente.

O argumento "laser vs. jato de tinta" é melhor observado ao sair às compras, ler opiniões de confiança e fazer um inventário completo das necessidades de impressão. O método com melhor custo/benefício é aquele que melhor se encaixa no seu bolso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível