Como se tornar um estilista freelancer

Escrito por jennifer magnesi | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como se tornar um estilista freelancer
Trabalhe em um salão para adquirir prática (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Trabalhar como estilista freelancer fazendo cabelo, maquiagem e roupas para pessoas do bairro, assim como para modelos, celebridades, fotos de revistas, comerciais, clips musicais, sets de teatro e de cinema. Os estilistas quase sempre trabalham em um salão, spa ou para uma companhia de estilistas, mas você tem a opção freelance e pode escolher a sua própria clientela, lidar com o marketing sozinho, ganhar mais dinheiro e fazer seu próprio horário. Estilistas freelance também têm o benefício de viajar para locações exóticas pelo mundo todo.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Comece por adquirir a formação e o treinamento adequados. Obtenha a formação em uma escola de cosmetologia, moda ou estilismo de renome. Muitas escolas de moda e estilismo que lhe darão treinamento, e direcionamento para ter sucesso como feelancer, mostrando-lhe como se lançar no mercado e começar seu próprio negócio.

  2. 2

    Torne-se licenciado no campo da sua escolha. Uma licença oficial em cosmetologia, cabelo, maquiagem ou consultoria de moda dá aos clientes a segurança de que você foi adequadamente treinado e cumpriu as exigências para obter a licença.

  3. 3

    Construa seu portfólio de estilista com fotos da sua clientela. Os clientes serão tanto os consumidores profissionais quanto os amigos. Para começar seu portfólio, trabalhe cuidando de seus amigos e parentes sem custo ou com custo pequeno para eles, para que você possa catalogar os resultados finais com fotos no seu portfólio. Pergunte aos seus clientes se eles aceitam ser fotografados e ter suas imagens mostradas para futuros clientes.

  4. 4

    Comece a sua carreira de estilista trabalhando em uma companhia em meio expediente, tempo integral ou como estagiário, para ter a experiência de trabalho e as referências profissionais válidas para o seu currículo. Contate companhias de estilismo e salões locais que aceitem estilistas iniciantes. Os clientes com quem você trabalhar nessas companhias também podem lhe dar referências no boca a boca, o que, no final das contas, vão ampliar sua clientela.

  5. 5

    Crie um website estilizado para você que inclua seu currículo profissional, experiência de trabalho, formação, treinamento e um portfólio de estilista. Alguns empregadores têm um website no qual pode-se colocar informação, ou pode-se fazer o próprio site com algumas habilidades básicas. Escolha um tipo de website que combine com o seu estilo , seja ele moderno, agressivo ou prático.

  6. 6

    Comece a fazer o marketing do seu trabalho conseguindo ser listado nos diretórios com suas metas de estilista, seja de cabelo, maquiagem ou moda. Comece com diretórios impressos nos jornais e revistas, assim como diretórios da internet de outros estilistas trabalhando como freelancers.

Dicas & Advertências

  • Fique atualizado sobre os estilos e tendências em uso e incorpore aqueles relacionados ao seu propósito de marqueting e trabalho de modelo. Mostre as tendências atuais no seu website e no seu portfólio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível