Toxicidade de iscas de inseticidas em cães e gatos

Escrito por contributing writer | Traduzido por mariana castañon de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Toxicidade de iscas de inseticidas em cães e gatos
Mantenha seu animais saudáveis (Puppies of the spitz-dog and cat in studio image by Ulf from Fotolia.com)

Cães e gatos podem ter diferentes graus de sensibilidade à piretroides, que são os pesticidas sintéticos utilizados nos inseticidas e repelentes. Estes pesticidas também são comuns na agricultura e são comumente usados ​​em culturas de milho, trigo e alfafa para evitar a infestação por moscas e outros insetos nocivos às culturas. Esses inseticidas também podem ser utilizado na avicultura. A permetrina é o nome de um tipo de piretroide utilizado em inseticidas de isca caseira (ou mesmo repelentes) e pesticidas na agricultura. Além disso, as indústrias farmacêuticas e cosméticas têm produzido, com aprovação da ANVISA, produtos contendo permetrina para uso tópico em cães. O envenenamento por permetrina ocorre frequentemente em gatos quando o remédio para pulgas voltado para cães é utilizado de forma indiscriminada em gatos.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os gatos tendem a ser mais sensíveis a ingestão de inseticidas de isca do que cães devido ao seu tamanho, geralmente menor, bem como a sua incapacidade de metabolização destas substâncias em seu fígado. Seguindo a mesma lógica, cães pequenos podem ser mais suscetíveis à toxicidade destes inseticidas do que cães maiores.

Cães que apresentam alergia a inseticidas seja por contato ou ingestão podem apresentar edemas na pele e urticária. Veterinários podem prescrever banhos, incluindo prescrição de anti-histamínicos tópicos ou internos (ou a combinação dos dois), assim como anti-inflamatórios a base de esteroides para reduzir a reação do sistema imunológico na pele do animal.

Gatos que apresentam sintomas de envenenamento por inseticidas muitas vezes têm sintomas mais graves que podem afetar seu sistema nervoso central, gerando tremores, vômitos e convulsões.

Identificação

Mais especificamente, os gatos que tenham ingerido iscas de inseticida ou produtos que contenham permetrina pode ter tremores, dificuldade para caminhar dentro outros sinais de intoxicação no sistema nervoso central e periférico. Por exemplo, 30% dos gatos que ingerem iscas de inseticida ou outros produtos que contenham permetrina podem apresentar sintomas como contrações musculares, espasmos pequenos, aumento da estimulação sensorial e convulsões. Outros sintomas neurológicos menos comuns podem incluir salivação, alteração da marcha, dilatação das pupilas, cegueira, hipotermia, baixa contagem de proteínas, dificuldades respiratórias, alteração do equilíbrio hidrostático sanguíneo e também alterações no equilíbrio ácido-base sanguíneo

Tratamento

Veterinários tratam os sintomas de envenenamento por inseticidas, ao invés de eliminar os resíduos tóxicos na fonte. Por exemplo, o veterinário irá esvaziar o estômago do gato e dar carvão ativado, a fim de evitar que haja mais absorção do material tóxico. No Brasil, os únicos antídotos liberados pela ANVISA são de uso limitado e altamente regulados, conhecidos como mefesina e atropina. Nos Estados Unidos o FDA (Administração de Medicamentos e Alimentos) libera um medicamente chamado metocarbamol para aliviar as convulsões porém, por questões de segurança, esse medicamento não é liberado pela ANVISA no Brasil.

Opinião de especialistas

Um estudo australiano na Journal of Feline Medicine and Surgery relatou menos de uma morte em 40 casos de ingestão de permetrina por gatos. No entanto, o artigo relatou que a toxicidade da exposição permetrina foi grave em gatos, e que uma causa comum dessa exposição foi devido ao uso indevido de remédios anti-pulgas caninos em gatos.

Considerações

Mantenha os animais separados quando o cão da família foi tratado para pulgas com algum remédio que contenha permetrina, a fim de evitar a contaminação do gato da família. A ASPCA (Sociedade Americana para Prevenção de Crueldade com Animais) relatou que uma única dose de anti-pulgas com permetrina para um cão superior a 18 Kg tem causado motivo para tremores devido a intoxicação em gatos domésticos normais pesando aproximadamente 4,5 Kg

O que fazer em caso de emergência ou dúvida

Digite no google: Centro de Informações Toxicológicas + (nome do seu estado) Assim você achara o website do CIT de sua cidade. Ligue para o Centro de Informações Toxicológicas (CIT) de seu Estado, o atendimento é 24 horas e no site há uma lista de emergências (tanto para humanos como para animais).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível