Como traços são transmitidos dos pais para os filhos

Escrito por tom ryan | Traduzido por jessica pietro pupo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como traços são transmitidos dos pais para os filhos
Fitas de DNA compõe nosso código genético e definem nossos traços herdados (Comstock/Comstock/Getty Images)

Todo adulto que procria, queira ele ou não, transmite traços para seus filhos. Isso ocorre devido aos genes, que são a composição de nossos corpos, e ao processo natural de transferência dessa composição para a prole. No entanto as pessoas não transmitem esses traços somente através da genética, isso também acontece através de comportamento e do meio ambiente. Essas são características aprendidas, e elas podem ou não ser passadas para todos, dependendo do jeito como a criança foi criada.

Outras pessoas estão lendo

Genes

Os genes são a essência da hereditariedade. Cada humano possui milhares de genes, que são feitos de DNA e cromossomos -- os blocos que compõe a vida. Os conceitos fundamentais sobre os genes e hereditariedade foram originalmente explicados por Gregor Mendel, um monge austríaco que estudou a maneira como ervilhas desenvolvem traços como forma e cor, com base em seus progenitores. Ele descobriu que a genética dos pais determina a genética de seus descendentes, confirmando a noção básica de hereditariedade.

Cromossomos

Toda pessoa é feita de 46 cromossomos, 23 dos quais vêm da mãe e 23 do pai. O espermatozoide do pai carrega 23, assim como o óvulo da mãe, e quando eles se encontram, formam um zigoto: uma única célula com 46 cromossomos, que eventualmente se torna uma criança.

Dominante e recessivo

Os genes são determinados por alelos -- combinações genéticas determinam características como cor de cabelo e dos olhos. Por exemplo, o gene que determina se uma pessoa pode dobrar o polegar de determinada maneira é composto por dois alelos. Se os dois forem iguais -- por exemplo, ambos dão à pessoa a habilidade de dobrar o polegar para trás -- o individuo é homozigoto. Se um alelo der a ele essa habilidade e outro não, no entanto, um alelo domina o outro. Neste caso, o alelo dominante faz com que ele perca a capacidade de dobrar seu dedo para trás. Embora ele tenha dois alelos em seu código genético, um sobrepõe-se ao outro.

Característica aprendidas

Pais transmitem características para a sua prole de maneira não biológica também. A maneira como uma criança é criada faz com que ela desenvolva "traços aprendidos", que são passados através de exemplo ou ensino. Por exemplo, uma criança nasce canhota como resultado da genética, mas uma criança que cumprimenta outras pessoas com um aperto de mão, o faz porque foi ensinada a se comportar dessa maneira. Traços aprendidos, com instilados em uma idade precoce, são quase tão profundamente arraigados em uma criança, quanto os genéticos. A criança instintivamente modela a si mesma e seu comportamento, de acordo com seus pais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível