Tradições muçulmanas quando alguém morre

Escrito por somer taylor | Traduzido por maria pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

As tradições de morte na cultura muçulmana dependem do poder aquisitivo da família do morto e de sua nacionalidade. Por exemplo, para alguns muçulmanos do Oriente Médio, o transplante de órgãos é aceitável, enquanto que, para indianos, não é. Existem algumas semelhanças, no entanto, independentemente da cultura. Os rituais fúnebres islâmicos, como as tradições de outras culturas, procuram reunir os vivos e honrar os mortos.

Outras pessoas estão lendo

Rituais quando alguém esta à beira da morte

Quando um homem está prestes a morrer, uma parte do Alcorão é lido para ele, relatando as maravilhas da vida pós-morte que ele terá se acreditar nisso. Também é lhe dado algumas gotas de sarbat, uma bebida preparada de frutas e pétalas de flores.

O funeral

Após a morte, são feitos os preparativos para o enterro, já que no Islã os mortos nunca são cremados. Como no judaísmo, não há embalsamamento por respeito aos mortos. O enterro é realizado rapidamente. O corpo é limpo e envolto em três camadas de roupas nos homens e cinco camadas de roupas nas mulheres. O corpo é então levado por parentes do sexo masculino para uma mesquita. Algum material perfumado, como a cânfora, pode ser colocado no caixão. O funeral também pode ser realizado em outro lugar. Um líder religioso dirige o funeral. As mulheres podem presenciar esta etapa, mas não é permitido que assistam à sepultura. Além disso, nem sempre é utilizado um caixão. Quando isso acontece, pode significar que a família é rica. O caixão usado pode ser simplesmente uma caixa de madeira. Nele, o falecido é colocado de frente à Meca.

Falando com os mortos

Enquanto os preparativos do enterro estão sendo feitos, alguém -- normalmente um parente -- vai falar com a pessoa morta, deixando-o saber que ele morreu e o que está sendo feito com ele. Isso é feito porque eles acreditam que os mortos são capazes de ouvir e entender o que está sendo dito a eles. Também são informados sobre o que acontecerá no túmulo e as coisas corretas para dizer, de modo que possam ser capazes de ver vislumbres do céu antes que sua alma descanse, esperando o Dia do Julgamento. Acredita-se que dois anjos chamados Munkar e Nakir irão no túmulo. A alma do falecido deverá responder a três perguntas: Quem é o seu Senhor?; Quem é o seu Profeta?; Qual é a sua religião? Para essas perguntas, o falecido é instruído a responder Allah, Mohamed e Islã, respectivamente.

Enterro

Depois de colocar o caixão no chão, são recitados versos do Alcorão enquanto são colocados pequenos montes de terra em cima do corpo. Já completamente coberta e com o buraco preenchido, uma pedra é colocada na cabeça e no pé do caixão, e uma planta é colocada perto da pedra. Em seguida, é lido um capítulo do Alcorão.

Depois do funeral

Há um festejo matinal de três dias depois do funeral, onde uma bandeja cheia de flores e um recipiente de óleo perfumado é passado pelo ambiente. Atendentes tiram as flores e as mergulham no óleo. As flores são, em seguida, levadas para o túmulo. Os festejos são dados depois de 40 dias, quatro meses, seis meses e nove meses também.

Outras tradições

Após o funeral, as viúvas não estão autorizados a mudar de casa, casar-se novamente ou usar roupas coloridas ou jóias. Elas choram por quatro meses e 10 dias. O período de luto é cerca de três dias para os outros. Durante este tempo, os enlutados se abstém de usar jóias ou roupas coloridas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível