Como fazer um transformador

Escrito por james mcilhargey | Traduzido por fernanda m. blauvelt
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um transformador
Transformador de alta tensão (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Um transformador opera sob o princípio da física de indução mútua. Quando corrente e voltagem são aplicadas em um circuito elétrico fechado, um campo magnético será gerado. Um segundo circuito posicionado em série com o campo irá gerar voltagem e corrente. Modificando-se a geometria dos circuitos elétricos fechados, você pode mudar a taxa entre voltagem e corrente. Fazer o seu próprio transformador é um processo simples, tudo que se precisa é um pouco de matemática, fios elétricos e um núcleo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fio elétrico de dois gauges
  • Núcleo
  • Alicate de corte
  • Alicates
  • Epóxi
  • Cera
  • Fita adesiva

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Decida qual a voltagem desejada ou a taxa de corrente. Um transformador converte entre duas voltagens e duas correntes. A taxa descreve a quantidade da mudança. Por exemplo, a taxa de dois significa que recebendo 10V e 1A pode-se fornecer 5V e 2A ou 20V e 0,5A. Essa escolha é importante, porque você também precisa decidir quanta corrente irá existir em ambos os lados do transformador. Você precisará ter um fio para cada lado que estiver taxado com pelo menos o máximo de corrente que você acha que irá usar. É mais seguro escolher um que seja de 0,5 a 2 vezes a corrente.

  2. 2

    Determine o núcleo. A maioria dos dispositivos requer núcleo de ferro, que é magnético e confina o campo magnético nas espiras. Se você planeja usar em voltagens e correntes fortes, eles resultarão em um forte turbilhão de correntes, o que causará perda de energia através de calor. Para minimizá-la, os núcleos de ferro de transformadores estão disponíveis em laminados. Eles são feitos com muitas camadas finas de ferro ou outro material ferroso, minimizando o turbilhão de correntes e a perda de energia. O tamanho do núcleo deve ser proporcional à força a que você o submeterá. Para ilustrar, os cilindros grandes cinzas em redes de energia são transformadores com tamanho necessário para que ela seja levada à vizinhança, enquanto a caixa de energia do seu computador portátil possui dois ou três transformadores. O tipo de núcleo também irá depender do uso. Transformadores de rádio-frequência geralmente não os utilizam, os de áudio são pequenos e compactos, alguns de controle de energia possuem forma toroide e são de ferro. Verifique um livro na biblioteca ou procure na internet por formatos de transformadores. A menos que você esteja tentando fornecer energia a eletrônicos muito sensíveis, então você tem menos problemas na escolha do núcleo.

  3. 3

    Curve o fio. Esse passo irá tomar a maior parte do tempo, até mais do que a pesquisa sobre o formato. Para torcê-lo, você deve escolher um número elevado de voltas. Se você escolher uma proporção de dois para um, pode-se ter duas voltas de um fio, e uma do outro. A grande quantidade de variáveis significa que é possível ter qualquer variação na taxa de voltagem. Se você escolher 100 contra 200 e descobrir que a proporção não serve, é mais fácil adicionar ou remover uma volta para tentar ajustá-la e compensar perdas e outras variáveis. Ao torcer o fio, certifique-se de que ele esteja encapado e que a capa esteja sólida, sem danos. Você não quer arriscar um curto-circuito no transformador. Faça seu circuito bem espiralado para minimizar variações devido a torções malfeitas. Certifique-se também de que você pode acessar ambas as pontas de cada espira.

  4. 4

    Isole e proteja. Uma vez que as espiras estejam torcidas e a proporção de voltagem ou corrente estiver correta, você deve usar um isolante para mantê-las torcidas. Você pode mergulhar o transformador em epóxi, que une as espiras e age como isolante. Cera também funciona, e pode ser removida mais facilmente se necessário. Uma outra opção é enrolar as espiras com fita adesiva para manter tudo preso.

  5. 5

    Use o seu novo transformador.

Dicas & Advertências

  • Se você estiver lidando com altas voltagens, como da parede, ou altas correntes, qualquer uma acima de 100mA, certifique-se de que esteja trabalhando com segurança. Mantenha uma mão distante da unidade durante o teste para evitar uma corrente de um curto-circuito no coração. Certifique-se também de ter alguém próximo capaz de ajudá-lo caso haja problemas.
  • Coloque fusíveis em seus circuitos e certifique-se de que tudo esteja ligado à terra apropriadamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível