Como transformar esterco de cavalo em adubo

Escrito por sara clark | Traduzido por daniel tamayo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como transformar esterco de cavalo em adubo
Composto feito de esterco de cavalo é um ótimo tratamento para o jardim (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Coletar o esterco de cavalo do seu pasto não só beneficia os cavalos como também fornece uma boa fonte de fertilizante rico em nitrogênio. Remover o esterco do campo ajudará a diminuir o número de moscas e a evitar que o pasto "adoeça", o que ocorre quando ele é muito utilizado. Também ajuda a controlar os vermes na população equina. Se deixado intacto, o esterco lentamente biodegradará e se transformará em fertilizante de qualquer forma, mas você pode melhorar a qualidade e produção ajudando o processo. Isso também ajuda a evitar que o alimento não processado brote no campo na forma de ervas daninhas.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fita métrica
  • Quatro postes de madeira resistentes
  • Pá reta
  • Tela de galinheiro
  • Tesouras
  • Cortador de arame
  • Barbante
  • Martelo
  • Grampo
  • Carrinho de mão
  • Pá pontuda
  • Mangueira e água
  • Ancinho

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Faça uma caixa de compostagem. Em um local plano do chão, marque um quadrado com cada lado medindo 1,80 m. Cave um buraco em cada canto e finque um poste de madeira até um quarto de seu comprimento. Preencha novamente os buracos. Grampeie uma ponta da tela de galinheiro ao primeiro poste e desenrole ao redor dos três lados do quadrado, prendendo-a em cada poste com três ou quatro grampos. Desenrole o suficiente para cobrir até o quarto lado, mas não grampei-o, já que esse será o ponto de acesso. Corte a tela remanescente e amarre-a em posição com várias voltas de barbante.

  2. 2

    Colete o esterco do pasto pelo menos três ou quatro vezes por semana. Esvazie-os na caixa de compostagem, espalhando igualmente pelos cantos. Continue a empilhar até que a pilha tenha 90 cm de altura.

  3. 3

    Umedeça o monte no tempo seco. Se as condições estiverem muito secas, o esterco não chegará a uma temperatura suficiente para começar o processo de "cozimento". Esse processo quebra o nitrogênio natural no esterco e faz com que ele fique mais estável e fácil de absorver pelas plantas. Ele também mata as sementes não digeridas e as bactérias nas fezes.

  4. 4

    Revolva o monte uma vez por semana com o ancinho. Isso permite que um pouco de oxigênio entre no meio, ajudando o processo de compostagem a trabalhar mais rápido e mais igualmente. Conforme você revolve o monte, deve perceber que fica mais quente no centro. Se ele continua frio, provavelmente falta umidade. Após seis semanas, o esterco deve ter virado composto e estará pronto para uso. Ele terá uma textura marrom escura e farelenta, sem cheiro desagradável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível