Mais
×

Como transformar roupas em equipamentos de flutuação

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Com sorte, você nunca terá que nadar em um rio, lago ou oceano apenas com as roupas nas costas; mas se isso acontecer, você estará contente de tê-las, pois você pode transformá-las em equipamentos de flutuação. Esse conhecimento pode significar a diferença entre a vida e a morte, caso alguma vez aconteça de você ficar encalhado em mar aberto. É possível transformar roupas em uma espécie de colete salva-vidas se você manter a calma e o equilíbrio e seguir alguns passos.

Instruções

Nunca se sabe se um par de calças poderia salvá-lo do afogamento (Photodisc/Photodisc/Getty Images)
  1. Pise na água. Comece pisando na água por alguns momentos até que você se acalme e possa começar a entrar em ação de forma lógica. Uma pessoa em pânico não será capaz de transformar roupas em equipamentos de flutuação, ela pode é se afogar tentando. Continue a pisar na água ao longo de todo o processo.

  2. Tire os sapatos. Seus sapatos não irão ajudá-lo a flutuar e só servirão para criar peso. Eles também dificultarão a remoção das suas calças, que é o primeiro item que você converterá em um dispositivo de flutuação.

  3. Tire as suas calças e adapte-as para flutuar. Quando elas estiverem fora do seu corpo, coloque-as na sua frente enquanto continua a bater as pernas para se manter flutuando. Amarre rapidamente a extremidade de cada perna em um nó e feche o botão e o zíper. Ainda batendo os pés, comprima o máximo de água da calça que conseguir e, em seguida, balance a peça sobre a sua cabeça para enchê-la de ar. Uma vez que o ar estiver do lado de dentro, faça um nó na área da cintura o melhor que puder para mantê-lo preso e flutuando.

  4. Siga com sua camisa, puxando-a para fora de um braço de cada vez e transformando-a num dispositivo de flutuação. Usando suas calças como uma boia, amarre os braços e o gola da camisa em um nó. Torça o excesso de água e mova a peça sobre sua cabeça para encher de ar. Amarre rapidamente a parte inferior da camisa para prender o ar.

  5. Avalie se todas as outras peças de roupa podem ser transformadas em dispositivos de flutuação. Se acontecer de você estar vestindo shorts, você está mesmo sem sorte. Mas mesmo um top pode ser adaptado para flutuar, assim como um vestido, uma sacola ou outros itens que possam oferecer uma almofada de ar com as extremidades amarradas.

  6. Livre-se de todos os objetos desnecessários. Se acontecer de você estar na água gelada, pode ser aconselhável manter suas meias. Caso contrário, remova e livre-se de joias, chapéus, objetos dentro dos bolsos ou outros itens pesados ​​que possam criar peso. Você está lidando com um caso de vida ou morte. Não se preocupe em perder o seu colar favorito.

Dicas

  • Quando começar a flutuar usando as suas calças recém transformadas, você pode organizar os dispositivos para apoiá-lo melhor para que você possa nadar até a costa ou acenar pedindo ajuda. Se a sua roupa de flutuação for em cores chamativas, também será possível ser avistado a partir de um helicóptero ou um barco.
  • Pode ser preciso trocar o ar dos seus equipamentos. Desate uma abertura e encha de ar novamente agitando o item sobre sua cabeça, se necessário.
  • Amarre-se aos dispositivos com cadarços de sapatos, cintos, sutiãs ou outros itens que possam garantir que os engenhos não flutuem para longe. Certifique-se de que você seja capaz de se desprender com facilidade no caso do dispositivo se tornar um fardo ou precisar ser recarregado com mais ar.
  • Se possível, pratique essas técnicas em uma piscina ou mar calmo antes de ser obrigado a colocá-las em ação.

Aviso

  • Não entre em pânico. As pessoas geralmente se afogam quando ficam tão nervosas que inadvertidamente entram em pânico. Perder a esperança é tão desastroso quanto isso.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article