Você pode transmitir vídeo através de USB?

Escrito por lou martin | Traduzido por renivaldo servin
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Você pode transmitir vídeo através de USB?
Cabos USB suportam conteúdo de streaming de vídeo (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

Os arquivos de vídeo são frequentemente vistos em um dispositivo de computação, tais como um computador portátil ou desktop, depois que o arquivo foi transferido de outro dispositivo equipado com USB, como uma câmera de vídeo digital. Você também pode assistir a um arquivo de vídeo em um dispositivo enquanto ele é transmitido a partir de outro dispositivo através de uma conexão USB. No momento da publicação, a tecnologia USB existe em três formas, cada um dos quais transfere dados com velocidades diferentes.

Outras pessoas estão lendo

Tecnologia USB

A Tecnologia de barramento universal em serie entrou em cena em 1996 com a introdução do USB 1.0. Inicialmente utilizado em apenas um número limitado de computadores, com a chegada do iMac, da Apple, em 1998, a tecnologia ganhou maior interesse. O USB 2.0 foi lançado em 2000, e o 3,0, em 2007, é o mais novo e mais rápido da tecnologia USB disponível. Embora a maioria dos computadores não contenha portas USB que são projetados para a conexão com outros dispositivos periféricos, como, por exemplo, os modems e as tomadas de alimentação, as portas USB são distinguidas pelas suas formas retangulares. Portas USB não vêm em diferentes formas, tais como circular e trapezoidal.

Taxas de transferência de dados

O padrão USB 1.0, que inclui o protocolo USB 1.1, transfere dados em até 12 megabits por segundo, comparáveis com a velocidade DSL. Streaming de vídeo através de uma conexão USB 1,0 ou USB 1.1 também está sujeita a reprodução com som entrecortado ou parar-e-ir, comum com DSL. O padrão USB 2.0 transfere dados em até 480 Mbps, mais rápido do que as conexões de internet a cabo que podem atingir velocidades de até 150 Mbps. Enquanto o USB 1.0 e USB 2.0 são classificados como padrões de alta velocidade em protocolos de transferência de dados, padrão USB 3.0 é designado como supervelocidade e é capaz de transferir dados em até 5 megabytes por segundo.

Limitações

Enquanto cada um dos padrões USB é capaz de suportar o conteúdo de streaming de vídeo através de uma conexão USB, uma variedade de situações podem causar problemas de reprodução. Por exemplo, se você estiver usando um computador antigo para assistir streaming de vídeo, o processador da máquina pode não ser capaz de processar rapidamente os dados de vídeo, levando a problemas de reprodução com padrão USB 1.0. Executar vários aplicativos simultaneamente também pode causar problemas de reprodução com streaming de vídeo ocupando o poder do processador do computador e dos recursos.

Como transmitir vídeo

Você pode transmitir vídeo em seu computador pessoal, ligando-o a um dispositivo no qual o conteúdo de vídeo esta contido por meio de um cabo USB. Conecte uma extremidade do cabo USB no computador, e a outra no dispositivo periférico. Uma vez estabelecido esse vínculo, os aplicativos necessários para visualizar o conteúdo de streaming se iniciarão automaticamente.

Dicas

Se você pretende assistir streaming de vídeo, mas tem apenas uma conexão USB 1.0, transferira o arquivo para um computador para assistir a partir do disco rígido interno ou um drive externo, já que no padrão USB 1.0 o protocolo é o mais vulnerável a problemas de velocidade de transferência de dados que levam ao vídeo problemas de reprodução. Assistindo o arquivo de vídeo no dispositivo em que foi gravado também pode ajudar a eliminar quaisquer problemas de reprodução em potencial. Métodos alternativos mais velozes para transferência de dados entre dispositivos de computação incluem Firewire e Thunderbolt, ambos oferecem a possibilidade de assistir streaming de vídeo. Firewire transfere dados em até 800 Mbps, enquanto Thunderbolt é capaz de atingir velocidades de até 10 gigabits por segundo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível