Como transplantar uma camélia (camellia japonica) arbustiva

Escrito por beth asher | Traduzido por helmir soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como transplantar uma camélia (camellia japonica) arbustiva
Saiba como transplantar uma camélia (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Camélias são arbustos verdes que, às vezes crescem de maneira padrão e se desenvolvem da mesma forma que os rododendros e azáleas — em muitas vezes, inclusive, são plantadas juntamente com essas flores nos jardins. Em climas amenos, as camélias florescem no inverno, dando cor a um jardim que, de outra forma, estaria despido. A espécie Camellia japonica é uma planta que floresce na primavera e desfruta dos climas amenos, e você pode plantá-la em locais de clima frio se lhe proporcionar uma adequada proteção no inverno. A camélia rosa Rubor de Abril ou a branca Neve de Abril são duas japônicas resistentes ao frio que vale a pena plantar em climas amenos. Com um plantio cuidado, a sua camélia florescerá durante muito tempo.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Kit de teste para solos
  • Pá podadora de raízes
  • Serapilheira e barbante de jardim
  • Carrinho de mão
  • Composto
  • Areia
  • Calcário dolomítico (opcional)
  • Sulfato de ferro (opcional)
  • Estacas e material macio para atar

Lista completaMinimizar

Instruções

    Escolha o local de plantio

  1. 1

    Escolha um local exposto à luz matinal, vespertina ou luz filtrada durante todo o dia. A camélia é suscetível a queimaduras solares e à estiagem durante os dias quentes e longos.

  2. 2

    Evite os bolsões de ar frio e as baixadas, pois o risco de geadas é maior, aprisionando o ar frio. Plante as camélias mais frágeis em terrenos levemente inclinados para prevenir a radiação solar e os danos provocados pelas geadas.

  3. 3

    Evite plantá-la em locais de grande dimensão sujeitos a ventos de leste-oeste ou coloque um quebra-ventos.

    Prepare o solo

  1. 1

    Teste o pH do solo usando um kit de teste para solos comprado em uma loja de jardinagem ou leve uma amostra de terra para a extensão da sua universidade local de maneira a ser analisada. Verifique se o nível de pH varia entre 5,5 e 6,5 — as camélias se desenvolvem bem em solos levemente ácidos.

  2. 2

    Compre calcário dolomítico em um centro de jardinagem ou viveiro e agregue-o ao solo de acordo com as instruções do fabricante para aumentar o nível de pH. Compre e aplique sulfato de ferro para reduzir o pH.

  3. 3

    Verifique a drenagem do solo cavando um buraco com 40 cm e encha-o com água. Aguarde até que ele tenha drenado e, em seguida, adicione água mais uma vez. Examine o buraco por duas horas. Caso a água não tenha drenado por completo, adicione composto ou areia no solo para melhorar o escoamento.

  4. 4

    Retifique o solo, misturando duas partes de composto e uma parte de areia a uma parte da terra retirada do local de plantio.

  5. 5

    Regue bem o local de plantio um dia antes de colocar sua camélia para tornar a terra mais macia e fácil de cavar.

    Desenterrando uma camélia

  1. 1

    Desenterre camélias já crescidas para transplantá-las no começo da primavera antes de os brotos se incharem. Retire as plantas da terra no dia em que você planeja replantá-las.

  2. 2

    De acordo com os profissionais do viveiro Camellia Grove em seu artigo "Moving Camellias" ("Transplantando as camélias", em tradução livre), de 2009, corte as raízes que estiverem do lado de fora da linha de gotejamento e faça um círculo em volta da árvore usando uma pá podadora de raízes afiada, empurrando-a completamente.

  3. 3

    Marque o lado norte da camélia para que ela seja orientada na mesma direção quando você a replantar, fazendo também uma marca no tronco para mantê-la com a mesma profundidade.

  4. 4

    Cave uma vala com 30 cm de largura e 45 a 60 cm de profundidade ao redor das raízes para formar um círculo onde se encaixe a bola da raiz. Trabalhe ao redor da camélia no fundo da vala usando a pá podadora e empurre-a de maneira a separar a bola da raiz do solo.

  5. 5

    Levante a camélia com cuidado usando serapilheira úmida e limpa, enrolando a bola da raiz. Use um carrinho de mão ou uma palete para mudar as camélias para os novos lugares.

    Plantando a Camélia

  1. 1

    Cave um buraco 2,5 cm menor do que três vezes a largura da bola da raiz da sua camélia. Faça um monte pequeno de terra no centro do buraco para que ela fique bem aconchegada.

  2. 2

    Retire a camélia que você comprou do recipiente original do viveiro. Coloque o recipiente de lado, bata nele para soltar a bola da raiz e faça a planta se deslizar para fora do vaso. Remova a serapilheira da muda.

  3. 3

    Coloque a camélia na cova de plantio, certificando-se de que a parte de cima da bola da raiz fique, no mínimo, 2,5 cm acima do nível do solo em volta. Aumente ou baixe o monte de terra embaixo da camélia para que a planta fique na altura desejada. Espalhe as raízes da planta com cuidado na cova.

  4. 4

    Encha o buraco com terra apertando com as mãos, enquanto planta a camélia. Calcar ou agitar o solo com a pá danifica as raízes alimentadoras.

  5. 5

    Faça uma vala para a rega que seja tão comprida quanto a linha de gotejamento da camélia. Encha-a com água e, caso o solo se assente, adicione mais terra para alisá-lo.

  6. 6

    Regue bem as camélias de forma lenta, uma vez por semana e quando o solo estiver seco. Reduza a vala no período das chuvas para garantir uma melhor drenagem.

    Usando estacas para as camélias

  1. 1

    Coloque estacas próximo das camélias altas ou das que se cultivam de forma padrão (junto do caule, onde você vê que a folhagem cresce como se fosse uma árvore).

  2. 2

    Finque duas estacas em cada lateral da camélia, paralelas à linha de gotejamento em ângulos retos na direção do vento (se o vento estiver de leste-oeste, as estacas devem ser colocadas de norte para sul).

  3. 3

    Envolva um pedaço largo de gaze em volta de uma das estacas, do lado de fora e em volta da camélia para voltar a enrolar na estaca. Prenda-o à estaca dando um nó e repita o mesmo procedimento na outra estaca.

  4. 4

    Certifique-se de que a camélia não fique muito presa, mas que também não se possa mover muito, de modo a não quebrar.

Dicas & Advertências

  • Uma maneira simples de corrigir o solo é espalhar uma camada de 10 cm de adubo orgânico sobre ele e depois enterrá-la na terra.
  • Utilize uma fileira de árvores de folha perene como os ciprestes para que trabalhem como um quebra-ventos em grandes plantações de camélia japônica.
  • Utilize apenas o barbante para as estacas se o caule da camélia estiver almofadado com material suave dentro do barbante. O movimento do vento pode roçar a casca do caule se o barbante estiver desencapado.
  • Evite as feridas feitas pelo uso de ferramentas de jardinagem para podar ao redor das camélias. De acordo com Joe Whetsell, M.D., jardineiro mestre do Condado Smith em seu boletim "Camellias" ("Camélias", em tradução livre), de 2009, esses cortes permitem que entrem fungos. Se as camélias murcharem repentinamente e começarem a morrer, busque sinais de doenças como os esporos de cor vermelho-alaranjado ao seu redor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível