Tratamento alternativo para controlar sangramento pós-parto

Escrito por mary earhart | Traduzido por thaissa machado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento alternativo para controlar sangramento pós-parto
Pacientes recebem tratamento médico (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O sangramento pós-parto normal é similar à menstruação, necessitando trocar absorvente a cada 4 ou 6 horas. O sangue pode fluir quando deitar e parecer jorrar quando se levantar, mas tudo com limites normais. Ensopar um absorvente e continuar a formar grandes coágulos são sinais de hemorragia. Hemorragias ocorrem quando o útero relaxa e perde tonicidade. Ação e remédios caseiros podem rapidamente para o sangramento pós-parto excessivo. Mulheres devem saber o que fazer e quando procurar ajuda para prevenir choques e outras complicações.

Outras pessoas estão lendo

Emergência

Com horas ou dias em trabalho de parto, chame assistência médica ou ligue para o 192 se houver uma passagem de grandes coágulos repetidamente ou se sintomas de tontura, náusea, desmaios por ficar de pé, pele pálida e oleosa, cansaço, ansiedade e sede se fizerem presentes. Esses sintomas de choque iminente também podem se desenvolver com uma hemorragia lenta que inicialmente parecia inofensiva. A perda de sangue pode evoluir rapidamente para uma situação perigosa, uma vez que a pressão sanguínea, pulso e respiração se tornam instáveis.

Aspecto uterino

Após o parto, o útero se contrai em uma bola dura que coloca pressão direta no ferimento aberto pela placenta. Sangramento excessivo ocorre quando o útero se torna macio e flácido. A razão mais comum pelo relaxamento do útero é porque ele é deslocado pela bexiga cheia da mãe. Assim que ela urina, o problema é resolvido. Um útero também pode ter um aspecto ruim por causa da deficiência nutricional materna, particularmente de vitamina K ou por causa de fatores traumáticos do parto, como trabalho de parto muito longo ou a saída rápia de um bebê muito grande. Um útero macio é mais comum em mãe que tem outras crianças e naquelas que não estão amamentando.

A amamentação estimula a liberação de hormônios na corrente sanguínea da mãe que contrai o útero e previne hemorragia. Ter o bebê para fechar o útero, pode ser necessário para acabar com um sangramento contínuo.

Massagear o útero ativará contrações. Coloque uma mão abaixo do útero para suportar a musculatura enquanto massageia o fundo ou o topo do mesmo. Não esqueça de esfregar os lados também. Faça isso vigorosamente até que uma bola firme seja sentida no abdômen. Verifique e repita a cada 15 minutos até que se mantenha firme por pelo menos 2 horas.

Elevar os pés e colocar uma bolsa de gelo acima do útero também pode ajudar a diminuir a perda de sangue e prevenir choques, mas a bolsa de gelo deve ser removida e o fundo verificado para ver a firmeza periodicamente.

Remédios herbais

Plantas que são fontes de hormônios para contrair o útero incluem a Cohosh Azul, Bago da Árvore Pura e Cannabis. Elas agem bem quando misturadas com ervas que reduzem fluxo sanguíneo, como Avelã de Bruxa ou Manto da Senhora. Tinturas funcionam rapidamente quando aplicadas embaixo da língua.

A favorita das parteiras, Bolsa do Pastor, é um coagulante de sangue ou vaso-redutor, e promove contrações uterinas. Utilizada sozinha, uma colher de chá cheia debaixo da língua pode parar uma hemorragia em menos de 30 segundos. De acordo com Susun S. Weed, autor de "Sábias ervas femininas para o ano de parto", comentou que a Bolsa do Pastor perde potência rapidamente e que as melhores tinturas são feitas de ervas frescas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível