Tratamento e cura para a dirofilariose em animais

Escrito por judy wilson | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento e cura para a dirofilariose em animais
A dirofilariose em cães é mais séria que em gatos (dog image by Michal Tudek from Fotolia.com)

A dirofilariose em um cão ou gato é disseminada por mosquitos e envolve uma infestação de lombrigas no corpo do animal. Em gatos, a doença e seu tratamento são bem menos complicadas que nos cães. Os tratamentos disponíveis costumam ser bem-sucedidos, levando à cura total da doença.

Outras pessoas estão lendo

Cães: casos mais leves

O tratamento e cura para a dirofilariose em cães envolve hospitalização, para que o animal receba adulticidas para matar os vermes dentro do seu corpo. Depois, ele receberá medicação mensalmente em casa, diminuindo seu nível de atividades drasticamente.

Cães: casos severos

Se a doença estiver mais severa ou se as complicações se desenvolverem, o cão talvez precise ficar hospitalizado por mais tempo. Se houver muitos vermes adultos no corpo dele, pode ser necessária uma remoção cirúrgica dos vermes que estejam alojados no coração e na artéria pulmonar.

Gatos

Uma opção de tratamento e cura para um gato que tenha dirofilariose é a cirurgia, para remover os vermes adultos de seu corpo. Em alguns casos isso não é necessário, porque a doença pode ser curada sem que o gato passe por tratamentos. Há também medicamentos que o veterinário pode prescrever para tratar e curar os sintomas da dirofilariose em gatos.

Prevenção

O segredo para lidar com a dirofilariose tanto em cães quanto em gatos é evitar que ela ocorra. Isso envolve dar vermífugos ao animal de acordo com a tabela que o veterinário aconselhar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível