Tratamento de doença periodontal com antibióticos

Escrito por laura munion | Traduzido por mari mieko
Tratamento de doença periodontal com antibióticos

Os antibióticos no tratamento da doença periodontal

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

Existem dois tipos de doenças periodontais: gengivite e periodontite. Periodontal significa "ao redor do dente", então todas as doenças periodontais, causadas por infecções bacterianas e por problemas resultantes dessas infecções, envolvem as gengivas. A gengivite é a forma mais branda da doença periodontal, mas se não tratada, pode evoluir para periodontite, a qual pode ser de vários tipos e com diferentes graus de gravidade. Os tipos mais comuns são: agressiva, crônica, necrosante e periodontite causada por uma doença sistêmica. Os antibióticos podem ser usados ​​em conjunto com a cirurgia para tratar doenças periodontais ou como um tratamento por si só.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

Muitos tipos diferentes de antibióticos orais e tópicos podem ser utilizados para tratar a doença periodontal. Os tópicos são preferidos porque causam menos efeitos colaterais do que os orais. Além disso, eles podem ser na forma de gel, cápsulas minúsculas, chip ou tiras, e podem ser aplicados sobre as gengivas ou abaixo delas.

Função

Primeiramente, os antibióticos tratam a infecção bacteriana que causou a doença periodontal. Eles também oferecem proteção para os pacientes com doenças cardíacas que passaram por uma cirurgia dental, prevenindo infecções em seus sistemas cardiovasculares. Além disso, os antibióticos podem ajudar a prevenir futuras infecções, especialmente os tratamentos tópicos, que permanecem na boca durante um tempo e liberam baixas doses de medicamento durante esse período. Os antibióticos também podem melhorar alguma inflamação, diminuindo, assim, os danos adicionais ao tecido gengival.

Formas

Antibióticos orais comumente utilizados incluem: cloridrato de tetraciclina, doxiciclina, minociclina, macrólidos, quinolonas, e metronidazol. Já os antibióticos tópicos incluem muitos dos mesmos ingredientes que os orais: doxiciclina, minociclina e metronidazol. Estes antibióticos também oferecem outros tipos de proteção contra a doença periodontal. Alguns deles proporcionam alívio anti-inflamatório, enquanto outros oferecem proteção contra a proteína que provoca a decomposição dos tecidos conjuntivos e dos ossos.

Benefícios

O uso de antibióticos no tratamento da doença periodontal tem mostrando resultados efetivos. Redução da inflamação, do inchaço, da presença de bactérias, e regeneração ou preservação do tecido conjuntivo, foram todos produzidos por antibióticos tópicos ou via oral. Às vezes, em adição ao uso de medicamentos, a cirurgia ou a limpeza embaixo das gengivas é necessária, a fim de produzir melhores resultados salvando e restaurando o tecido da gengiva.

Aviso

O uso a longo prazo de antibióticos pode aumentar o risco de resistência bacteriana a esses fármacos. Isto pode causar problemas não apenas para o tratamento da doença periodontal, mas para qualquer outra doença em que o indivíduo precise de antibióticos. Além disso, os antibióticos podem não tratar com sucesso alguns casos de doença periodontal, portanto, uma combinação de cirurgia e o tratamento com medicamentos pode ser necessária mais tarde.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media