Mais
×

Tratamento para um gato adulto que não é capaz de tossir bolas de pelo

Atualizado em 21 novembro, 2016

Bolas de pelo não são apenas desconfortáveis ​​para gatos, elas podem ser perigosas. Se bastante cabelo se alojar no estômago do gato, isso bloqueará o intestino delgado, estômago, cólon e esôfago. Por vezes, a realização de uma cirurgia é a única forma de remover todo o cabelo acumulado. Se o seu gato está tendo problemas para expelir bolas de pelo, existem maneiras fáceis de tratar o problema.

Bolas de pelo não são só desconfortáveis, elas são perigosas para eles (Image by Flickr.com, courtesy of Powi) (Per Ola Wiberg)

Tratamentos disponíveis no mercado

Lojas de animais vendem uma variedade de tratamentos para a eliminação de bolas de pelos, incluindo alimentação especial, petiscos e géis que são palatáveis para a maioria dos gatos.

Ingredientes

A maioria dos géis contra bolas de pelo contém óleo mineral, que lubrifica o trato digestivo do gato para que o pelo passe facilmente. Os petiscos animais também contêm óleo mineral ou vaselina. Um ingrediente comum em alimentos de tratamentos é celulose, que proporciona fibras adicionais para mover os resíduos através dos intestinos de forma eficaz.

Administração

A maioria dos gatos irá lamber o gel de tratamento através de uma colher, prato ou de sua própria pata.

Precauções

Já que os géis e petiscos atuam como laxantes, devem ser dados duas horas antes ou após as refeições, não sendo misturados com a comida do gato.

Remédios caseiros

Um pouco de vaselina, uma ou duas vezes por semana cobrirá as bolas de pêlo e ajudará a move-las pelos intestinos. Uma colher de chá de abóbora enlatada duas vezes ao dia irá adicionar fibra à dieta do seu gato.

Prevenção

Alimentos pastosos hidratam a pele e minimizam a quantidade de pelos soltos que são ingeridos pelos gato ao se lamberem. Pentear o gato várias vezes por semana com pentes apropriados irá remover os pelos soltos e ajudar a prevenir as bolas de pelo.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article