Saúde

Tratamento hormonal para se tornar uma mulher

Escrito por mary evett Google | Traduzido por ronaldo moretti

Para a transição de homem para transexual feminino, o tratamento hormonal fornece um medicamento derivado da segunda puberdade, que é crucial para o desenvolvimento das características femininas. Como acontece com a puberdade natural, a puberdade induzida pelo hormônio é um processo lento, que leva até cinco anos para ser concluído. É comum que, durante este período, um transexual masculino que esteja se tranformando em mulher tenha uma orquiectomia ou a cirurgia de redesignação sexual, que permite um menor consumo de estrogênio após a remoção cirúrgica dos testículos.

Outras pessoas estão lendo

Faça terapia

Um transexual que esteja considerando a terapia hormonal para feminizar o corpo deve passar por avaliação psicológica antes de iniciar o tratamento. Uma vez concluída a avaliação e o indivíduo diagnosticado como transexual, o tratamento hormonal pode ser prescrito. Este diagnóstico não é automático e normalmente leva um mínimo de três meses, embora não seja incomum o período de avaliação demorar mais. Após a terapia hormonal ter sido prescrita, o paciente deve passar então por um exame médico, a fim de determinar os níveis de estrogênio e testosterona iniciais para efeitos de referência. Um exame físico também será necessário para fornecer um quadro completo para o médico que irá monitorar o tratamento de terapia hormonal, ajudando a evitar complicações.

Terapia hormonal de estrogênio

O estrogênio, que é considerado o hormônio feminino, tem a função mais importante na transição de masculino para feminino. Embora o estrogênio esteja disponível na forma de adesivos e injeções, estrógenos orais são mais comumente usados, pois fornecem resultados satisfatórios e são relativamente baratos. A dosagem inicial de estrogênio no pré-operatório de transexuais (masculino para feminino) pode incluir 6 a 8 mg de estradiol (Estrace ou Estrofem) diariamente, 6 a 8 mg de estradiol valerate (Progynova) diariamente, ou possivelmente 5 mg de estrogênios equinos conjugados (Premarin) por dia. Em certos casos, metade da quantidade da dosagem pode ser suficiente ou a quantidade talvez precise ser aumentada. É importante que um médico monitore os níveis de hormônio e faça os ajustes necessários na dosagem. Tenha cuidado, pois o estrogênio pode aumentar o risco de coágulos de sangue. Assim, a ingestão diária de 81 mg de aspirina pode ser adicionada à terapia hormonal.

Redução de testosterona

O segundo componente ao realizar a mudança de masculino para feminino inclui a redução de testosterona no corpo. Adicionar um anti-andrógeno pode ajudar a baixar a testosterona aos níveis normais do sexo feminino. E também pode ser usada a ingestão de baixas doses de estrogênio, que será recomendada dependendo do caso de cada pessoa. Entre 100 a 300 mg de espironolactona (Aldactone) ou de 100 a 150 mg de acetato de ciproterona (Androcur) deverá ser tomado a cada dia.

Progesterona

Dependendo do caso, a progesterona deverá ser adicionada a um regime de hormônio para aumentar o desenvolvimento dos seios. Há evidências conflitantes sobre o sucesso da progesterona, e ela é considerada desnecessária por alguns médicos. Se a progesterona for recomendada, uma dose típica diária de medroxiprogesterona (Provera) será de 5 a 10 mg. Outra possibilidade é uma dose de 100 mg, duas vezes ao dia, de progesterona micronizada (Prometrium).

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media