Tratamento natural para a neuropatia

Escrito por robin reichert | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento natural para a neuropatia
A caiena é uma erva que ajuda a aliviar a dor causada pela neuropatia (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

A neuropatia, por vezes chamada de neuropatia periférica, é uma doença que envolve um problema com os nervos que transmitem informação para e a partir do cérebro e sua medula espinhal, apropriadamente. A neuropatia pode ser causada por diabetes, envenenamentos e outras doenças. Quando se tem neuropatia, o seu controle muscular e a coordenação são afetados, e você sente dormência e dor, principalmente nas suas extremidades inferiores. Felizmente, existem vários remédios herbáceos que podem ser utilizados ​​para aliviar os sintomas associados com a neuropatia.

Outras pessoas estão lendo

Caiena

A caiena é uma erva que contém capsaicina: um ingrediente conhecido pelas suas poderosas propriedades de alívio da dor. A neuropatia periférica envolve o sentimento de dormência e dor nas pernas e pés, sendo frequentemente causada por diabete. A capsaicina presente na caiena pode oferecer um bom alívio da dor de tais sintomas. Se, no entanto, a neuropatia periférica for devido aos problemas relacionados ao HIV, a caiena não servirá para remediar eficazmente a dor. Você pode utilizar um creme de capsaicina nas áreas doloridas pelo menos quatro vezes ao dia para diminuir os problemas dolorosos causados pela neuropatia. O creme deve ser utilizado de três a sete dias, a fim de obter o máximo benefício do tratamento. Você deve, primeiramente, notar um aumento na dor antes de sentir qualquer alívio: isso é normal com a utilização do creme de capsaicina.

Erva-de-são-joão

A erva-de-são-joão é um remédio herbáceo eficaz para a neuropatia. Essa erva pode ser consumida oralmente para aliviar as dores; ela contém hipericin, que, por sua vez, contém extraordinários agentes anti-inflamatórios. A erva-de-são-joão também pode ser aplicada à pele por via tópica para tratar a dor nos nervos, bem como para diminuir os sintomas associados com a neuropatia. Uma tinta ou óleo dessa erva pode ser aplicada à área afetada para minimizar a dor e ajudar a curar os nervos danificados. É de salientar que essa erva não deve ser utilizada se você está atualmente fazendo uso de um inibidor da monoamina oxidase, uma vez que ela pode interagir com a medicação. Você também deve evitar exposições diretas ao sol por grandes períodos de tempo para evitar o aparecimento de fotodermatite.

Oenothera

A neuropatia diabética é uma doença que envolve sintomas como sensações de formigamento, queimação, perda de sentidos em determinadas áreas do corpo, dormência e dor. Você pode experimentar esses sintomas especialmente nas pernas e nos pés, que podem ser diminuídos por meio da oenothera. Você pode consumi-la em uma dosagem de 2 a 8 g por dia; assegure-se de que a erva contém 8% de ácido gamalinolênico (GLA). Essa substância, normalmente derivada de suplementos de ácidos graxos ômega-6, bem como do seu óleo, melhorará o funcionamento dos nervos e impedirá doenças adicionais dos nervos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível